PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Página 19 de 22 Anterior  1 ... 11 ... 18, 19, 20, 21, 22  Seguinte

Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Qua 15 Ago 2018 - 8:52

25/08/2016
O desejo sempre é um dos impulsionadores que leva o espírito na busca de sua evolução. Essa estrada é longa, mas necessária ao espírito para alcançar a evolução espiritual. Na carne, o desejo, embora seja do espírito, mas ele se complementa no consciente exterior, quando este recebe o embasamento necessário para satisfazer o desejo do espírito. Num consciente exterior malformado, a voz, ou melhor, a “intuição” do espírito não lhe causa a menor preocupação, pois está preocupado com as coisas materiais ou até coisas piores, engendrando armadilhas a outros humanos a fim de beneficiar-se. Nessas situações, muitas vezes, o espírito é posto a dormir, tal a intensidade de seus descaminhos. É de extrema importância que se dê princípios e limites às crianças, desde a mais tenra idade, pois é aí que inicia a se estabelecer condições para que o espírito, na vida adulta de seu instrumento, possa, então, completar o seu planejamento para aquela encarnação. Assim, os passos ao encontro de sua evolução serão mais longos, acelerando a conquista de um objetivo impresso em seu DNA, que é a mestria. Seu desejo, dessa forma, se torna cada vez mais ardente.

Faccio Miguel

Mensagens : 422
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Qui 16 Ago 2018 - 8:52

26/08/2016
Uma grande incompreensão das igrejas cristãs é com relação ao mundo espiritual, o mundo do pós-morte. Para essas igrejas somente há três estágios: inferno, purgatório e céu. Definições muito simplórias e sem a intelectualização da real evolução do espírito humano. O espírito sempre vai para onde o leva o desenvolvimento espiritual. Imediatamente no pós-morte, o espírito fica no umbral, enquanto não se conscientizar de que seu corpo morreu. No momento em que se conscientiza, começa a receber informações dos socorristas do espaço e é conduzido para hospitais astrais até se recuperar totalmente e estar plenamente consciente de espírito liberto da matéria. Até alcançar certa evolução, fica em grupos de estudos na própria colônia. Quando pronto, é conduzido para outros setores, onde se prepara para a nova encarnação. Ou segue para estudos mais avançados, para auxiliar o desenvolvimento das ciências humanas ou mesmo espirituais. São os distribuidores do conhecimento e encarregados de levá-los às mais diversas comunidades. Poderíamos dizer, são os espíritos de luz, que, em contato com espíritos encarnados, lentamente tentam transmitir novos conhecimentos. A única coisa que nos compete fazer é abrir a nossa mente para receber esses conhecimentos. Se não abrirmos a mente, nem Deus intervém em nosso Livre Arbítrio.

Faccio Miguel

Mensagens : 422
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Sex 17 Ago 2018 - 9:06

27/08/2016
O planejamento do reencarne sempre é elaborado visando a duas situações indispensáveis ao espírito. A primeira é dar condições ao espírito de evoluir. Não podemos nos esquecer de que a evolução é sempre condicionada pelo nosso querer, pela constância e pela persistência. Sempre é buscado pelo Conselho Cármico as melhores condições para que a evolução se estabeleça da melhor forma possível. Necessita tão somente que o meio onde for inserido o espírito contribua para formar um consciente exterior ligado com a dualidade espírito/matéria. Essa formação terá que condicionar os dois lados do agregado humano. A segunda situação é a quitação dos débitos contraídos em vidas anteriores e que precisam ser quitados. Não podemos nos esquecer das palavras de Jesus: “A semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória”. Ninguém foge disso, porque, em outra passagem, Jesus diz: “Não passará nem um til, nenhum jota dá Lei sem que tudo seja cumprido”. Hoje, já podemos dispor de outro meio para limpar nosso espírito desses carmas, que é, como ensina Saint Germain, “através do fogo da Chama Violeta”. Essa energia Divina bem direcionada transmuta tudo o que for negativo e consegue limpar a nossa essência das cargas negativas que acumulamos sobre ela durante nossa caminhada evolutiva sobre este planeta.

Faccio Miguel

Mensagens : 422
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Sab 18 Ago 2018 - 9:26

28/08/2016
Toda a vitória é precedida de diversas etapas e fatores que precisam ser executados. Primeiramente, precisa-se estabelecer o objetivo a ser alcançado. Esse deverá ser sempre viável, não podendo ultrapassar o limite do possível. Estabelecido esse parâmetro, precisa-se montar a estratégia a seguir a fim de se alcançar o mais rápido possível o objetivo proposto. Isso em todos os ramos da atividade humana, quer sejam materiais ou espirituais. É preciso aliar às estratégias a constância e a persistência, que são os alavancadores de qualquer atividade que se empreenda. Por mais bem elaborados e que seja um projeto, se não tiver esses dois parâmetros, fatalmente estarão fadados ao fracasso. A constância e a persistência é que dão o elã de toda atividade necessária para o bom andamento na busca do objetivo proposto. Podemos afirmar que o objetivo de nossa existência já foi programado por Deus Pai/Mãe, quando de nossa criação como individualidades, que se compõe de duas partes, quais sejam, a experienciação do conhecimento Divino e a evolução espiritual pelo seu próprio esforço. A cada encarnação, são projetados pequenos objetivos que deverão culminar com a vitória ao final desta caminhada terrena, ou seja: a mestria.

Faccio Miguel

Mensagens : 422
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Dom 19 Ago 2018 - 10:08

29/08/2016
Somos muito levados pelo fator tempo, pois este é a consequência de nossa estada aqui no planeta Terra. O tempo, todos sabem, é o resultado da rotação da Terra sobre o seu eixo, que determina o dia, e de seu bailado em torno do sol, que determina as estações e o ano. Isso tudo é relativo, porque somente interfere na matéria, que impõe ao corpo físico regras necessárias para manter o seu equilíbrio. O mais importante, também, para o espírito é o tempo do não tempo, ou o agora. O simples agora é o tempo de Deus, é o único tempo em que podemos agir e interagir, não só na matéria, mas também na vida após a vida. É no agora que podemos agir, nem antes e nem depois. Somos muito malformados em nosso consciente exterior que sempre protela para depois aquilo que precisa ser feito. O depois é o tempo do preguiçoso. O único tempo que realmente existe é o agora. O Cristo diria em outras palavras: “Insensato, nesta noite a morte virá reclamar o teu corpo. Não sabeis nem o dia nem a hora”. Esse conceito precisa penetrar profundamente em nosso consciente exterior, pois ele determina a velocidade de nossa evolução espiritual.

Faccio Miguel

Mensagens : 422
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Seg 20 Ago 2018 - 9:01

30/08/2016
Pelo que tivemos oportunidade de ver em nossas sessões de Terapia Holística, e depois em nossos trabalhos, tanto de estudo como o trabalho de leitura de nosso diário, constatamos que a grande maioria dos seres humanos que desencarnam não estão preparados para enfrentar a morte e a partida para a vida após a vida. Quando iniciamos a aplicação concomitante das três Chamas, Violeta, Verde e Rosa, os resultados foram estrondosos. No terceiro estudo que foi feito na GARE, foram liberados do tratamento com as Chamas 353 espíritos, e, pelo efeito, foram encaminhados diretamente para os grupos de estudos. A Rádio Luz continua fazendo a emissão das Chamas, por 16 vezes a cada 24 horas, para os humanos e 8 vezes para o planeta, e os resultados continuam sendo excelentes, prova é que dificilmente há a necessidade de que um espírito tenha que ser trazido para ser atendido em nosso grupo. Isso demonstra que, agora, os espíritos que desencarnam estão mais bem preparados para enfrentar com tranquilidade o retorno ao mundo espiritual, reencontrando logo o equilíbrio na transição da vida, para a vida após a vida.

Faccio Miguel

Mensagens : 422
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Ter 21 Ago 2018 - 9:39

31/08/2016
As necessidades dos seres humanos, em sua maioria se prendem às coisas materiais. Essas necessidades materiais quase sempre são para satisfazer o ego, as vaidades e o orgulho do ser humano. Muitas dessas necessidades são totalmente descartáveis. As necessidades mais importantes, que são as necessidades do espírito, são relegadas para segundo plano. O Cristo, em seu ensino nos disse: “Busca em primeiro lugar o Reino de Deus e sua justiça e tudo o mais vos será dado de acréscimo”. O ser humano sempre se esquece dessa sentença. Seu consciente exterior não foi preparado para se beneficiar com essa sentença do Cristo. Prefere correr atrás das coisas materiais mesmo. Tem dentro de si o mesmo conceito das ciências humanas; “se não se vê, não existe”. Assim, paga pela sua falta de sensibilidade e pela descrença para como as coisas do espírito. Prefere fixar sua atenção nas coisas que consegue ver e sentir os resultados de sua dedicação. A matéria sabe muito bem retribuir, imediatamente, a quem a ela se entrega.

Faccio Miguel

Mensagens : 422
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Qua 22 Ago 2018 - 9:37

01/09/2016
Assim como todo o espírito é uma partícula da energia da Divindade, também o ser humano utiliza essa mesma energia em sua atividade diária. Portanto, tanto o bem como o mal são praticados com essa mesma energia que provém e é emitida por Deus Pai/Mãe. O que difere é somente a intenção do ser humano que pratica suas atividades para o bem ou para o mal. Da mesma forma que não podemos acusar a água de um rio por estar contaminada. Temos que acusar quem a contaminou. Assim como há uma só energia que comanda todo o universo, não podemos acusar o átomo, porque um o usa para a medicina e o outro o usa para criar a bomba atômica. O responsável é sempre quem utiliza a energia, e assim como a utilizar, terá seus méritos ou deméritos. Também foi por isso que Jesus disse “A semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória”. Ou também: “Não passará da Lei nem um til nem um jota sem que tudo seja cumprido”. Isto é, ninguém será liberado de resgatar tudo o que tenha feito de errado, como também ninguém passará sem receber os méritos pelos bem que tem feito.

Faccio Miguel

Mensagens : 422
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Qui 23 Ago 2018 - 9:19

02/09/2016
A evolução espiritual e a caminhada do espírito pela eternidade. Seu início está na Divindade, que se individualizou de uma partícula Sua, inserindo-o em um corpo físico para dentre outros objetivos, buscar sua própria evolução. Como partícula da Divindade, nunca teve começo e, como individualidade, nunca terá fim. Essa é a realidade do espírito. Pois Jesus e seus ensinamentos deixou-nos a nossa classificação dentro do universo, disse: “Vós sois Deuses”. É claro, Deuses em evolução, pois o único Deus que sempre é, é o Deus Pai/Mãe (a energia criadora e a energia regedora). É sua energia que mantém o universo em perfeito funcionamento. Porque, em cada ser existente no universo Sua energia está presente. A mesma energia que mantém os elétrons presos ao núcleo do átomo, como os planetas em torno das estrelas e as estrelas em torno do sol central da galáxia. A evolução espiritual possibilita a subida a cada degrau das dimensões espirituais, que para o ser humano são 26 dimensões de evolução.

Faccio Miguel

Mensagens : 422
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Sex 24 Ago 2018 - 10:32

03/09/2016
Os segredos são a incapacidade de intelectualização e compreensão do conhecimento. Podemos até fazer uma pequena comparação: um rio nasce de uma pequena vertente e se avoluma a cada acréscimo de novas águas que vem se somar ao seu caudal. Quanto mais água recebe, mais volumoso se torna, ao ponto de, ao chegar ao mar, já ser um rio muito grande. Da mesma forma, o espírito, pois muito depende do consciente exterior de seu corpo estar sempre disposto a receber novos conhecimentos. Se o consciente exterior se fechar dentro de suas viseiras e impedir que novos conhecimentos possam engrandecê-lo, será sempre o mesmo pequeno, e sem chance de evoluir. A evolução está no novo, quanto mais se buscar o novo, maior a chance de acelerar a evolução. Se continuar naquilo que está agora, continuará a ser exatamente igual, sem a perspectiva de fazer um novo passo. Precisamos nos conscientizar de que o conhecimento está em nosso DNA, que é uma caixa inviolável e que somente poderá ser aberta para buscar novos conhecimentos, através de duas chaves; a primeira é o querer, o buscar, o estar disponível para receber; e a segunda, vem do sol central da galáxia. Assim como o diz Saint Germain: “Quando o discípulo está pronto, o mestre aparece”.

Faccio Miguel

Mensagens : 422
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Sab 25 Ago 2018 - 9:29

04/09/2016
A sabedoria não está na quantidade de conhecimentos, mas em saber utilizá-los para a sua vida. Fazendo uma pequena comparação, a sabedoria é como um balde cheio de água, se eu não pegar um copo e beber dessa água, de nada adianta um balde cheio. A mesma coisa pode-se dizer do conhecimento, de nada adianta se não o utilizar para a sua melhora, e para a melhora da sociedade e do planeta. Seria um conhecimento estéril. As palavras de Jesus cabem muito bem aqui: “A árvore que não der frutos, será cortada e lançada ao fogo”. A sabedoria é a capacidade de transformar conhecimentos em obras, para si e também para a coletividade. Os conhecimentos se buscam nos livros, mas a sabedoria a vida ensina. A grande diferença que há entre uma e outra está na aplicação que se faça dela. De nada adianta o conhecimento se não tiver a sabedoria para utilizá-lo. A melhor forma de utilizar o conhecimento não é aplicá-lo para as coisas materiais, mas utilizando-o para as coisas espirituais.

Faccio Miguel

Mensagens : 422
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Dom 26 Ago 2018 - 15:24

05/09/2016
Os nossos atos atestam a nossa evolução. É tal o ditado popular que diz: “A fruta não cai longe do pé”. Talvez possa-se burlar a sociedade por algum tempo, mas nunca sempre. A civilidade amacia os atos, mas, no fundo, pode-se perceber sempre a real situação do indivíduo. Aqui na matéria, pode-se facilmente esconder-se, mas aos olhos do espírito nada é oculto. Tudo é percebido como o sol do meio-dia. Lá o que nos identifica é a luz que emitimos. Nada pode apagar ou encobrir essa luz. Não podemos nos esquecer de que o espírito é luz e a luz que cada um emite é que testifica a sua evolução. Somos demasiado imaturos para tentar esconder as nossas atitudes. Poderão ser escondidas aos olhos da matéria, aos olhos do espírito, tudo é claro e patente. Como diz Deus no livro “Conversando com Deus”, “O universo tira uma xerox de nossos pensamentos e os devolve a quem os emitiu”. Assim, fica muito clara a sentença do Cristo: “Não passará nem um til nem um jota da Lei sem que tudo seja cumprido”. Não poderia ser diferente.

Faccio Miguel

Mensagens : 422
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Seg 27 Ago 2018 - 9:27

06/09/2016
As atividades que exercemos em nossa vida cotidiana são apenas as experienciação dos conhecimentos Divinos, mas responsabilidade por elas é inteiramente individual. Pelo Livre Arbítrio, temos o direito de fazer qualquer coisa, até mesmo errar, mas pela responsabilidade ao Livre Arbítrio, temos que ressarcir qualquer coisa que pensamos, falamos ou agimos, que vá na contramão da Lei e dos bons costumes. Assim como temos que ressarcir os erros, receberemos bônus pelo que fizermos de acordo com a Lei. A evolução depende também disso. Cair, mas levantar. Não se entregar ao desânimo, estar sempre com a mente voltada para um dos objetivos de nossa criação e que Jesus muito bem expressou: “Sede perfeitos como perfeito é nosso Pai que está nos céus”. Isso precisa estar sempre estampado no frontispício de nossa mente para que esteja sempre mostrando o objetivo de nossa existência. Embora seja um tanto difícil a aceitação dessa realidade, precisa fixar-se profundamente em nosso consciente exterior, para que se torne para ele também um objetivo de existência.

Faccio Miguel

Mensagens : 422
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Ter 28 Ago 2018 - 8:57

07/09/2016
A passagem do espírito pelo corpo físico é necessária para que o espírito possa experienciar o conhecimento Divino e, especialmente, evoluir. Assim como a criança que precisa ir à escola para inteirar-se do conhecimento e evoluir em suas atividades intelectuais e mesmo sociais. A escola, ao menos, deveria incluir toda a criança dentro dessas atividades inerentes à sua vivência como um ser inserido dentro de uma sociedade. Isso deve levar a desenvolver uma atividade gregária pacífica, onde todos devem formar um conjunto harmônico de convivência, juntamente a isso desenvolver suas capacidades intelectuais. O espírito, quando na carne, precisa integrar-se na sociedade onde está inserido, pois é lá que ele precisa cumprir os seus objetivos de um ser criado de uma partícula da própria Divindade e que entra no corpo físico totalmente ignorante e simples para que possa desenvolver-se através de seu próprio esforço. Na matéria, nada receberá de graça, tudo terá que conquistar pelo seu esforço, seu empenho e sua constância. Muitas informações receberá, mas se não as usar para si em seu desenvolvimento, ninguém o puxará pela mão.

Faccio Miguel

Mensagens : 422
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Qua 29 Ago 2018 - 9:41

08/09/2016
A incompreensão das realidades do espírito, especialmente após o desencarne, mas também em sua realidade dentro da carne, pela formação falsa do consciente exterior, leva o ser humano a praticar os mais variados delitos contra a Lei Maior. Poucas são as religiões que conseguem intelectualizar as realidades do espírito e do mundo espiritual. Podemos afirmar que ninguém fica, após a morte do corpo, santo ou demônio só porque deixou o corpo físico, o espírito continua a ser exatamente aquilo que era quando na carne. Essa realidade as igrejas desprezam. Dão as mais fantasiosas interpretações para a realidade do espírito desencarnado. Realidades até insanas. Assim como diz Deus no livro “Conversando com Deus”, “As teologias humanas são a tentativa da humanidade de explicar um Deus insano que não existe”. Pelo que as religiões explicam da Divindade, dos reinos não físicos, estão passando para seus fiéis um Deus insano que não existe. Não são capazes, sequer, de intelectualizar a essência que está dentro de seu ser, quanto mais a essência que lhe deu origem. Materializam a Divindade e lhe dão o reinado do mundo. Tudo o que estiver fora da matéria, pertence a uma dimensão escondida aos olhos da carne, e perceptível somente aos olhos do espírito.

Faccio Miguel

Mensagens : 422
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Qui 30 Ago 2018 - 8:56

09/09/2016
As dificuldades do caminho são sempre proporcionais à nossa inferioridade. Quanto mais evoluímos, menores se tornam as dificuldades, pelo simples fato de que vamos adquirindo o conhecimento, a forma e a fórmula de eliminar as dificuldades. A evolução nos dá o poder de criarmos os mecanismos para dirimir as dificuldades. Dizendo em outras palavras, a evolução nos dá condições de criar os mecanismos que evitam as dificuldades. Quanto a isso, o Cristo dizia: “Busca em primeiro lugar o Reino de Deus e sua justiça, que tudo mais vos será dado de acréscimo”. As dificuldades são o acréscimo na existência daqueles que não buscam em primeiro lugar o Reino de Deus. Precisamos dedicar partes de nosso dia as coisas do espírito. O Buda Gautama dizia “ser preciso andar no caminho do meio”. Referia-se ele ao fato de que precisamos dividir igualmente nosso tempo entre a matéria e o espírito. A matéria, porque nos dá o sustento do corpo; o espírito porque subsiste à matéria, é a parte do nosso agregado humano que permanece para a eternidade. Essa é, também, a parte de Deus que é reside no coração do ser humano.

Faccio Miguel

Mensagens : 422
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Sex 31 Ago 2018 - 9:22

10/09/2016
O dia do Senhor. Moisés determinou que o povo Judeu reservasse um dia para ser dedicado a Deus. De certa forma, foi uma imposição a um povo idólatra, escravo e que pela sua condição não tinha essa prerrogativa de descansar das atividades materialistas para dedicá-lo à Divindade. Isso se propagou a todas as religiões cristãs provenientes do Judaísmo. Hoje, algumas religiões acusam a outra por não manter como o dia do Senhor, o sábado, pois reservam a isso o domingo. Qual a importância de ser um ou outro dia? O principal é que se comprometa com a sua espiritualidade, que, de acordo com o Buda Gautama deve ser, não um dia, mas “andar no caminho do meio”. Isto é, em todos os dias dedicar de forma igual às lides da matéria e às lides do espírito. Isso é de primaz importância, pois nos remete a todo o momento à nossa essência e ao objetivo de nossa criação como individualidades conscientes. Embora tenha iniciado com a exigência de um dia, precisamos hoje, nos conscientizar de que nosso espírito, a essência Divina em nosso coração, precisa muito mais que isso, precisa de nossos dias e de nossas horas. Como diz o Cristo: “Busca em primeiro lugar o Reino de Deus e sua justiça e tudo mais vos será dado de acréscimo”.

Faccio Miguel

Mensagens : 422
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Sab 1 Set 2018 - 9:51

11/09/2016
Um dos problemas dessa humanidade que, embora já tenha alcançado um alto grau de evolução das ciências humanas, ainda não conseguiu sequer o bê-á-bá de nossa essência que é o amor, o “somos todos um”. Cada um se julga o suprassumo da humanidade e não é capaz de aceitar o seu irmão que está a seu lado. Cada um só pensa em seu bolso e os outros que ficam com os restos. Isso demonstra quão inferiorizados ainda estamos com relação à nossa espiritualidade. Ainda bem que não são todos, mas, como humanidade, estamos deixando muito a desejar, estamos muito aquém de onde precisaríamos estar. Há dois mil anos que o Cristo passou pela Terra nos deixando o conhecimento do amor, o amor incondicional, e parece que nada aprendemos. Estamos nos aprofundando demasiadamente do orgulho, na inveja, no ciúme, na ganância e na intemperança, que somente vemos e sentimos o nosso umbigo. Estamos presos demasiadamente naquele ditado popular que diz: “Aos amigos tudo e aos outros, nada”. A nossa evolução espiritual está escondida sob a poeira de nossa consciência, que abafa qualquer voz que queira se levantar para exigir a nossa herança de filhos de Deus, de parcelas da Divindade, de “vós sois Deuses”, como disse Jesus.

Faccio Miguel

Mensagens : 422
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Dom 2 Set 2018 - 9:42

12/09/2016
A evolução do Espírito humano é uma conquista de longo prazo. São avanços lentos, mas devem ser constantes. São como subir uma montanha. Precisa ser conquistado um passo de cada vez. A cada passo conquistado, recebe-se um novo impulso, um novo conhecimento que nos abre o entendimento de mais uma etapa de nossa evolução. Esses conhecimentos sempre são para auxiliar o espírito encarnado na sua busca pela mestria, ou no exemplo dado, o cume da montanha. O grande pecado das religiões é bitolar o entendimento de seus adeptos para com esses conhecimentos que auxiliam não só o espírito em sua andança pelo universo, mas também, o desenvolvimento das ciências humanas. Afinal, o desenvolvimento das ciências humanas precisa de espíritos desenvolvidos para lhes dar suporte e bases para o seu desenvolvimento. O momento em que a maioria dos espíritos encarnados já estejam em alto grau de desenvolvimento para aquela civilização, então, toda a civilização entra em uma Idade de Ouro, que é o ápice de desenvolvimento que aquela civilização pode absorver.

Faccio Miguel

Mensagens : 422
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Seg 3 Set 2018 - 9:35

13/09/2016
Muitas vezes, a dificuldade de encontrar algum assunto para pôr no diário faz com que se use esse expediente que estou usando. Por várias vezes, sentei aqui na mesa com a esperança de que surgisse alguma ideia para passar para o diário. O pensamento se nega a colaborar, por isso estou escrevendo isto para ficar gravado nesta página. Sei que assuntos sempre os há, mas se escondem sei lá onde. Fico aqui revirando minha mente, mas tudo em vão. Estou precisando de que alguém me sopre ao ouvido, para despertar algo que precisa ser posto no papel e depois chegar aos olhos de quem precisa daquela informação. Talvez me falte uma sintonia melhor para como mundo espiritual para que as informações que me passam não permaneçam despercebidas pela minha mente.

Faccio Miguel

Mensagens : 422
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Ter 4 Set 2018 - 10:17

14/09/2016
O espírito, em sua trajetória terrena, está sempre vinculado ao consciente exterior do corpo que usa. Quanto mais involuído for o espírito, maior será a dependência desses bitolador, que muitas vezes põe o espírito a dormir, situação em que se torna apenas um instrumento de manutenção das funções orgânicas do corpo físico. Quanto mais evoluído for o espírito, maior será o controle que ele estabelecerá sobre o consciente exterior do corpo físico, tornando-o um auxiliar importante na evolução do próprio espírito. Quando essa união se estabelecer a ponto de dificultar a identificação da ação de um ou de outro, então, o espírito já alcançou a mestria e poderá ascensionar juntamente com o instrumento que o auxiliou em sua passagem pelo planeta, em alcançar o objetivo de sua criação de espírito, que é a mestria. Nessa situação, o corpo não se torna mais um peso para o espírito, mas sim, asas que o auxiliarão a transitar por oitavas superiores de evolução, tornando-se ambos um só, pois será o perfeito casamento do espírito e da matéria.

Faccio Miguel

Mensagens : 422
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Qua 5 Set 2018 - 9:37

15/09/2016
A dificuldade do espírito encarnado é transferir para o corpo o projeto, as informações e as necessidades que tem em relação a seu retorno à matéria. Está certo, o consciente exterior tem que agir sem saber quem é o habitante de seu corpo. Foi para isso que o espírito encarnou em um consciente exterior, totalmente simples e ignorantes, mas a malformação que é dada aos pequenos impede que, quando adquirirem a liberdade de agir, possam fazê-lo dentro de ações e reações aceitáveis à boa convivência social, e isso interferindo nas atitudes comandadas pelo consciente exterior. Quando o consciente exterior é dócil, possibilita ao espírito direcioná-lo para executar perfeitamente a programação pré-estabelecida para aquela encarnação. Por isso, a importância dos pais ou responsáveis pela criação dos pequenos seres em dar princípios e limites para assim formar o consciente exterior em condições de bem auxiliar o espírito na grande tarefa de purificar-se de suas transgressões do passado e concomitantemente subir mais um degrau em sua evolução espiritual.

Faccio Miguel

Mensagens : 422
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Qui 6 Set 2018 - 14:46

16/09/2016
A felicidade é o resultado da conquista. Ela pode ser tanto ao nível da matéria como ao nível do espírito. Ao nível da matéria, ela pode ser o resultado de qualquer atividade que se tenha exercido e na qual tenha obtido sucesso. Quando o resultado se restringe aos bens materiais, que são passageiros, a felicidade também é passageira. Tão passageira como os próprios bens materiais. Quando forem, mesmo ao nível material, conquistas que agregam valores ao ser humano, elas se tornam muito mais duradouras. Ao falarmos das conquistas ao nível do espírito, então, elas são tão eternas como o próprio espírito. A dificuldade do reconhecimento desses resultados é que normalmente aparecem somente quando o espírito retorna ao mundo espiritual, momento em que tudo se torna visível e palpável aos seus olhos. Aqui na matéria, esses resultados não são percebidos, porque o consciente exterior não consegue perceber as realidades do espírito. Muitos poucos são os seres humanos que poderiam perceber a evolução do espírito, quando de sua passagem pelo corpo físico. O problema está em que o consciente exterior não tem parâmetros de comparação, pois só há registros daquilo que vivenciou através de seus cinco sentidos obtusos.

Faccio Miguel

Mensagens : 422
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Sex 7 Set 2018 - 9:21

17/09/2016
Toda a conquista é precedida de alguns fatores que a possibilitam. A conquista em qualquer ramo da atividade, ao nível da matéria ou do espírito, não é resultado do acaso. O acaso não existe, ele é apenas consequência de nossa ignorância. Tudo é regido por Leis que regem o cosmo como um todo. Do átomo ao universo, tudo é regido por Leis estabelecidas por Deus para os sustentar. Da mesma forma, tudo aquilo que se adquire, as conquistas são também a obediência a essas Leis, que as torna possível. Algumas dessas Leis já conhecemos, muitas ainda são ignoradas pelo consciente exterior da humanidade ou das ciências dos homens, que, em sua acanhada terceira dimensão, não aceita nada que fuja à sua experienciação. As conquistas precisam da vontade, persistência e constância. Esses três fatores são determinantes de qualquer resultado. No momento em que falar qualquer um desses fatores, quebra-se a sequência necessária para que algo se torne uma conquista. Quer seja para as coisas da matéria, quer seja para as coisas do espírito, esses três fatores são os que determinam os resultados. Esses resultados têm como pano de fundo o pensamento que é o poder criador e também precisa desses três fatores para ter o poder de criar.

Faccio Miguel

Mensagens : 422
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Sab 8 Set 2018 - 9:40

18/09/2016
O socorro do mundo espiritual obedece às mesmas Leis estabelecidas para com todos os seres. Especialmente para o ser humano que, pelo objetivo de sua criação, tem a prerrogativa do Livre Arbítrio. Para tudo o espírito precisa querer. Enquanto não partir de si o desejo da ajuda, os socorristas nada podem fazer. Ninguém é levado no cabresto, muito menos como boi brabo que é puxado com dois laços. Os socorristas se afastam e o máximo que podem fazer é lhe emitir pensamentos positivos para ao menos, indiretamente, o auxiliar. Mesmo assim, a blindagem que há ao seu redor, muitas vezes, impossibilita aos pensamentos chegarem até ele. O mundo espiritual sabe que esse espírito faz parte, também, do “Somos Todos Um”. Mesmo assim, nada podem fazer. Nem Deus Pai/Mãe, o criador do universo, interfere no Livre Arbítrio de quem quer que seja. Se o fizesse, estaria infringindo uma de suas Leis que estabeleceu para a harmonia do universo. Quem pede socorro, sempre receberá ajuda, independentemente dos resgates que tenha que fazer e o tamanho deles. Aí está, também, uma aplicação das palavras de Jesus: “Pedi e recebereis, buscai e achareis, batei e se vos abrirá”. Não há nenhuma condição, a menos, o pedir, buscar e o bater, que as portas do céu se abrirão.

Faccio Miguel

Mensagens : 422
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 19 de 22 Anterior  1 ... 11 ... 18, 19, 20, 21, 22  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum