PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Página 24 de 30 Anterior  1 ... 13 ... 23, 24, 25 ... 30  Seguinte

Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 24 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Seg 24 Dez 2018 - 8:48

28/12/2016
Ainda não nos acostumamos com as coisas que o universo nos apresenta e nos esquecemos de analisar e de tirar as conclusões. Diariamente, somos submetidos a términos e reinícios. Tudo no universo são questões de ciclos, que vêm e que vão indefinidamente, deixam suas marcas e continuam a ir e vir, novamente. Estamos imersos dentro de uma infinidade de ciclos que nem nos damos contas. Os dias, as semanas, os meses, os anos, os séculos e as eras passam também, deixam suas marcas, muitas indeléveis, mas fazemos de contas que não nos afetam. As pessoas de meia-idade para mais, se buscarem em suas memórias, certamente não encontrarão situação semelhante ao que vivemos nestes últimos anos. Enchentes aconteciam, mas eram esporádicas e raras. Hoje, a cada mês vê-se uma, em cada dia uma acontece em algum lugar no planeta. Não são simples enchentes, são maremotos que devastam tudo por onde passam. Além dessas que a natureza nos apresenta, há outras que nos marcam da mesma forma, e todas, podemos dizer, são consequências da ação do próprio homem, que destrói tudo por onde passa. Será necessário destruir a vida vegetal do planeta para aprender? Quando isso acontecer, o ser humano verá que dinheiro não dá para comer.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 24 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Ter 25 Dez 2018 - 9:46

29/12/2016
Vamos fazer uma pequena comparação para ver se dá para entender melhor a nossa evolução espiritual. Suponhamos que alguém receba a incumbência de executar um serviço importante e recebe o tempo de um dia para completá-lo. Enquanto não completar não poderá ir para casa. É pré-condição de sua volta para casa, a complementação do serviço e bem feito. Não importa se demore 5, 8, 12 ou mais horas para completá-lo. A grosso modo, nossa evolução espiritual funciona mais ou menos assim. Ao nos criar como individualidades conscientes, recebemos também o objetivo de nos tornarmos perfeitos, alcançar a mestria. Enquanto não chegarmos lá, continuaremos a descer à matéria na busca de alcançar esse objetivo. Não importa o número de vezes que se desce à matéria, a única coisa de que precisamos é pleitear, buscar, adquirir a nossa mestria. Quem andar mais depressa, quem se aplicar com maior denodo, quem insistir com maior afinco, antes terminará a tarefa. É isso que precisamos fazer aqui na Terra, não importa quantas vezes retornarmos a ela, a única coisa que precisamos fazer é correr atrás de nosso objetivo de criação. Como diz Jesus, “Sendo perfeitos como perfeito é nosso Pai que está no céu”

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 24 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Qua 26 Dez 2018 - 9:28

30/12/2016
Se aproxima mais um final de ciclo. Como sói acontecer, essa humanidade só quer “panem et circenses”. Não quer nada mais que “pão e circo”. Não é de se estranhar a situação do planeta atualmente. Só se procura o meu, aquilo que me beneficia, o que me render lucros, me trouxer vantagem. O olhar dessa humanidade está fixado somente no momento. Não abre perspectivas para o amanhã. O amanhã, Deus proverá, como se Deus fosse o provedor de tudo e constantemente abre seu baú para satisfazer nossos desejos, mesmo que insanos. Não é capaz de amealhar tesouros para a eternidade. Busca somente a satisfação dos bens materiais, esquece-se de que seu ser é composto de dois princípios que precisam andar juntos, ser tratados da mesma forma e ter os mesmos privilégios. O aglomerado humano é composto de espírito e matéria. Ambos precisam ser contemplados em sua atividade diária. Como dizia o Buda Gautama, “É preciso andar no caminho do meio”. Enquanto o ser humano não se imbuir desse princípio, estará sempre preso nos engodos da matéria, ao passo que poderia ter tudo o que quisesse se soubesse dosar as suas atividades, como diz Jesus, “Buscar em primeiro lugar o Reino de Deus e sua justiça e tudo mais vos será dado de acréscimo”.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 24 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 15

Mensagem  Faccio Miguel em Qui 27 Dez 2018 - 9:43

31/12/2016
Findo está mais um ciclo anual em nosso planeta. Para muitos, pode ter sido proveitoso, mas, para outros, foi mais um ciclo perdido. Não souberam aproveitar as chances dadas pelo universo para modificar suas atitudes, seus pensamentos e seus sentimentos, especialmente aqueles que não lhes tem vínculo afetivo. As mudanças nossas são urgentes e prementes. Sem elas, dificilmente haverá grandes mudanças em nosso planeta. Mudanças especialmente na vivência gregária do ser humano. São muitas transformações que precisamos fazer e estas são profundas e podem ser dolorosas. Mudanças de nossos hábitos, nossa forma de pensar. Aceitar a capacidade dos outros em gerir seus pensamentos, suas palavras e suas obras. Aceitar que o que nos difere são apenas as aparências exteriores, já que, no interior, somos exatamente iguais. Ninguém é inferior ou superior a ninguém. O exterior é mero acidente de percurso. O que nos diferencia é apenas aquilo que supomos ser diferente. Porque somos muito mais iguais do que os iguais. Assim, terminamos mais um ciclo, supondo muito mais do que sendo. Que esta hora nos traga muito mais a consciência de que “eu sou aquilo que sou”, e não aquilo que supunha ser.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 24 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Sex 28 Dez 2018 - 9:14

01/01/2017
Inicia-se mais um ciclo solar. É um novo passo ao encontro com o astro intruso, o “Nirubú”, que alguns chamam por planeta “chupão”, que as Companhias que estudam e fotografam o universo tanto esconderam até há pouco. Agora, já o admitem e marcaram o possível encontro com o nosso sistema, e mais especificamente com a Terra. Há muitas cogitações a seu respeito, embora ninguém saiba exatamente o que ele representa com relação à Terra. Para todos os efeitos, é bom estarmos preparados para não sermos pegos de surpresa. Pois “não sabemos nem o dia nem a hora”, como diz Jesus, cujas palavras dá para pôr nesse contexto. Quando chegar a hora, de nada adiantará correr para as igrejas, pôr-se de joelhos, cobrir-se de cinzas e andrajos, se todo o nosso passado nos condena. Nunca esqueçam que Deus não perdoa nem julga ninguém. Cada um precisa se perdoar e se julgar, e, se necessário, penitenciar-se. Quem será o nosso juiz quando passarmos pela porta entre a matéria e o espírito, será nossa própria consciência, e ela jamais será ludibriada, pois ela representa a essência Divina em nosso ser. Portanto comece a andar direito antes que seja tarde demais.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 24 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Sab 29 Dez 2018 - 9:16

02/01/2017
Os ciclos de tempo vêm e vão, e nem lhe damos atenção. Podemos dizer que todos são importantes, mas o mais importante é aquele que está vinculado à nossa matéria, ao nosso corpo, que é do nascimento à morte. Este, geralmente, é o menos lembrado, sendo que é aquele que mais nos afeta. Este ciclo é o que determina o início e o fim de uma experiência no corpo físico. É nesse período que podemos evoluir ou estacionar no marasmo de uma vida inútil. Este ciclo é fundamental para cada individualidade espiritual humana. É dentro dele que podemos exercer a experienciação do conhecimento Divino, bem como evoluir. A experienciação do conhecimento se fará de qualquer forma, mas a evolução precisa de constância e empenho. É como diz o ditado: “Quem estaciona não anda”. À evolução, é necessário o nosso interesse, a nossa busca. Para que isso aconteça, precisamos alimentar nosso espírito. O espírito que não for alimentado, dorme. Apenas mantém o funcionamento do corpo físico, mas não evolui. É imprescindível alimentar o espírito com a oração e a meditação, as boas obras, o carinho e amizade com todos os irmãos, não importando a raça, a nacionalidade e até mesmo o reino a que pertençam, pois todos somos uma partícula do mesmo Deus que mora em cada coração.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 24 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Dom 30 Dez 2018 - 10:26

03/01/2017
Na caminhada evolutiva do espírito, ele precisa primeiramente conscientizar-se de que é uma partícula da Divindade. Buscar a sua evolução, já que, quando foi criado e posto na matéria, surgiu na plena simplicidade e ignorância e teve que adquirir tudo pelo seu próprio esforço. Recebeu na criação todos os elementos necessários para empreender a sua própria evolução. Não somente ele, mas todas as criaturas receberam de Deus Uno Pai/Mãe a energia criadora e regedora, que os tornam criadores de seus próprios corpos e de tudo o que precisarem através de suas vidas físicas até alcançar a perfeição. A partir do momento em que se tornou uma individualidade consciente, pode também gerir, através de seus pensamentos, suas palavras e suas obras, seu mundo e seus assuntos. O grande problema é que a quase totalidade dos seres humanos ignora ou simplesmente desconhece esse mecanismo que os torna semelhantes a Deus, através de sua capacidade de criar. Não podemos nos esquecer de que tudo o que o ser humano fez, criou, foi através de seu pensamento, de suas palavras e de suas obras. Também não podemos esquecer que os pensamentos ao nível astral criam forma, e dependendo da intensidade e da constância, surgem também no mundo físico.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 24 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Seg 31 Dez 2018 - 9:02

04/01/2017
Podemos comparar a nossa vida, tanto material como espiritual, a qualquer fruta. Em qualquer uma delas surge de um pequeno botão. Na simplicidade, vai crescendo e abrindo-se para a vida, com a consciência de sua individualidade. Torna-se um fruto e, dependendo de certas condições, que podem ser internas ou externas, será sadio ou machucado. As condições externas, geralmente, são as que maiores prejuízos dão à individualidade. Tanto ao nível da matéria como ao nível do espírito, o que maiores prejuízos causam são as companhias, os grupos e a vivência, especialmente quando o que impera é a má formação do caráter e da moral. Nessas situações, o indivíduo estará entrando em um caminho perigoso e geralmente sem volta. Vai acostumando-se aos desvarios e à infração tanto das leis sociais como da Lei Maior. O descaminho, geralmente, é uma estrada que não tem retorno, e quem nela entra estará fadado à delinquência. Essas interferências externas são as que mais prejuízos causam aos indivíduos, tanto ao nível da matéria como ao nível de sua evolução espiritual. É por isso, também, que os pais ou responsáveis pela criação dos pequenos seres precisam dar-lhes princípios e limites para que sejam um freio indispensável quando tornarem-se donos de seu nariz.


Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 24 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Ter 1 Jan 2019 - 8:53

05/01/2017
O socorro que é prestado pelos socorristas do espaço para os espíritos desequilibrados, que partem desta vida terrena para a vida após a vida, está condicionado à aceitação desses espíritos. Precisamos estabelecer um parâmetro que é seguido até por Deus Uno Pai/Mãe, o criador do universo através de suas energias; não interferir no Livre Arbítrio de quem quer que seja. Quando o espírito que parte para o outro lado da vida está muito apegado às coisas materiais, isso o torna surdo, não ouve os socorristas que falam com ele, através do pensamento, que é a linguagem dos seres espirituais e eventualmente de alguns seres físicos. Dessa forma, não recebe aí as informações que os socorristas lhe passam. Como os socorristas não podem interferir no Livre Arbítrio destes espíritos recém-desencarnados, esperam até que o próprio espírito sinta a necessidade de pedir socorro, aí, então, prestam-lhes o auxílio necessário, especialmente levando-o a um hospital no espaço para ser tratado. O início de tudo precisa ser do espírito. No momento em que ele assim desejar, recebe todo o auxílio necessário.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 24 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Qua 2 Jan 2019 - 9:12

06/01/2017
Muitas vezes, o excesso de vinculação a um conhecimento impede que o consciente exterior se abra a novos conhecimentos. Muitos conhecimentos, talvez pela forma como são intelectualizados, bitolam o ser a não aceitar nada diferente do que se lhe apresente. Esses seres prendem-se a seus conhecimentos, que julgam como a única tábua de salvação possível, e tudo o resto, como alguns dizem, é coisa do diabo. Estão tão bitolados às suas normas que se julgam os únicos certos, e tudo mais está na contramão do conhecimento, como se Deus fosse tão pequeno que conseguisse pôr todo o seu conhecimento dentro de um balde e derramar sobre suas cabeças. Não são capazes de abrir suas metas, seus raciocínios e suas lógicas e ver que o filósofo Shakespeare tem razão quando disse: “Existem muito mais coisas entre o céu e a Terra do que pensa nossa vã filosofia”. Esquecem que, diante da evolução do universo, somos meras crianças no primeiro ano do primeiro grau, tentando juntar “B + A”. Há quanto tempo estamos na terceira dimensão? Quanto tempo ainda precisamos para alcançar a vigésima sexta dimensão, ápice da evolução humana? Talvez, alguns bilhões de anos. Portanto, não podemos ficar aqui, no mesmo lugar, como quem amassa barro, com os pés, para fazer tijolos. Por isso, precisamos estar de mente aberta para receber os novos conhecimentos que vêm para nos ajudar a evoluir.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 24 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Qui 3 Jan 2019 - 9:02

07/01/2017
Sempre esquecemos as palavras de Jesus: “Pedro, guarda a tua espada, porque quem com o ferro fere com o ferro será ferido”. Não importa se contra o nosso corpo, nosso sentimento ou dos outros. Se ferirmos, estaremos infringindo a Lei Divina, teremos que ressarcir. Muitas vezes o ressarcimento é feito na atual existência, mas, na maioria das vezes será nas próximas. Isso é Lei estabelecida, embora possamos reverter até mesmo o total da infração, com a oração e a meditação. Há também um conhecimento que há menos de sessenta anos foi liberado para a humanidade, que é o uso dos Raios Divinos. Essas energias, aplicadas conscientemente sobre o corpo físico, especialmente a Chama ou Raio Violeta, também chamado de o Fogo do Raio Violeta. Este, com o uso diário, pode facilmente queimar o carma causado por infrações cometidas contra a Grande Lei. Não estamos aqui tratando da Lei de Talião, mas das Leis Divinas, que, em última instância podem-se comparar com uma lei da Física que diz: “A cada ato há um outro na mesma intensidade, mas em sentido contrário”. Se uma força que vem de fora impedir esse segundo ato, ela anulará ou aliviará a consequência do primeiro ato. Levando isso para a nossa existência física ou extrafísica, a utilização dos Raios Divinos pode queimar totalmente a consequência de nossos atos; quais sejam, como diz Jesus, “Os pecados por pensamentos, por palavras e por obras”.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 24 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Sex 4 Jan 2019 - 9:54

08/01/2017
Essa humanidade é muito instável com relação a sua evolução espiritual, até mesmo com seus conhecimentos relativos ao espírito. O conhecimento dos Raios Divinos, já foi, por mais de cinco anos, espalhado, de todas as formas possíveis, especialmente na internet. Há quase um ano, através do projeto “Cruzada dos Raios Divinos”, pela qual aqueles espíritos que já se beneficiaram com a utilização dos Raios Divinos estão, aos poucos, adentrando nos Centros Espíritas, para levar esta mensagem salvadora e redentora a todos os que utilizarem essas Chamas em si mesmos. Isso não inviabiliza os conhecimentos catalogados por Kardec; pelo contrário, somam, dão sentido, acrescentam algo que não foi revelado a Kardec, por não ser a hora propícia. Esses conhecimentos também são trazidos à humanidade, através dos espíritos, e, portanto, tornam-se parte do conteúdo dos conhecimentos espíritas. Talvez, com muito mais propriedade, pois a técnica de sua utilização espalhou-se pelo mundo espiritual, a ponto de mudar a forma como os espíritos utilizam essas Energias Divinas. O efeito para os espíritos desencarnados foi tão efetivo que os Mestres criaram o “Projeto Expansão da Luz”, para estudar essa forma de utilização dos Raios Divinos. Que nossos irmãos espíritas possam abrir suas mentes e aceitar esse adendo que é feito pelos Mestres do mundo espiritual, na doutrina de Kardec, pois chegou a hora de esse conhecimento sair do domínio de secreto.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 24 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Sab 5 Jan 2019 - 9:07

09/01/2017
Na nossa existência física, muitas informações recebemos que mais nos atrapalham do que auxiliam. Especialmente essa humanidade está muito vinculada às informações do mundo material. Não digo que não sejam importantes, mas, quando se restringe a elas, elas são prejudiciais. São importantes para a manutenção e para a evolução do corpo físico. Mas, quando se esquece a outra perna do agregado humano, então ela se torna uma gaiola opressora, que não permite ao habitante do corpo físico alçar voos às alturas. Não podemos esquecer do espírito, afinal é ele que mantém, sustenta e estabelece a vida do corpo físico. No momento em que o espírito se retira do corpo físico, sobram somente os ossos, pois tudo o resto, as miríades de elementos que o se agruparam para formá-lo, também o abandona. O corpo, assim como um carro, é um monte de peças ligadas, que, no momento em que forem separadas, o carro deixará de existir. Está com a razão Buda Gautama que dizia: “É preciso andar no caminho do meio”. Precisamos atender às necessidades do corpo, mas não podemos descurar das necessidades do espírito, afinal, o espírito é o motorista desse carro chamado corpo físico. Jesus tem uma afirmação que cabe muito bem aqui: “Dai a César o que é de César e dai a Deus o que é de Deus”.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 24 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Dom 6 Jan 2019 - 10:00

10/01/ 2017
O nosso Corpo Astral é um gravador dos mais sofisticados. Tem a capacidade de reter toda a nossa vida no corpo físico, não só na atual, mas também as de vidas passadas. Todas as consequências de nossos pensamentos, nossas palavras e nossas obras, se encontram ali. É a partir desses dados que a consciência do espírito julga a sua vida na matéria. Quem nos condena ou nos absolve, no dia de nosso juízo final, “após a morte do corpo físico”, é a nossa consciência, que observa todo o desenrolar da nossa vida no corpo físico e dá o nosso veredito. É importante que se tenha esse conhecimento para não imputar aos outros, muito menos a Deus, como juiz, como carrasco e como executor da sentença sobre nossas vidas na matéria. O Corpo Astral, além disso, é também o protótipo do corpo da próxima encarnação. O DNA dos pais apenas serve para dar o empuxe inicial da formação do nosso corpo, mas quem determina suas características e seu caráter é o Corpo Astral, que, através do DNA do espírito, comanda a formação de novo corpo. Assim, tudo gira em torno da necessidade do espírito em evoluir e também resgatar dívidas do passado. A formação do novo corpo obedece a isso, mas sempre secundado pelos geneticistas do Conselho Cármico.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 24 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Ter 8 Jan 2019 - 10:06

11/01 /2017
Os problemas que a vida apresenta não podem ser motivo para nossa desistência. Aquilo que me vem é problema somente meu e eu mesmo tenho que equacioná-lo. Sabemos que nada surge por acaso. Sabemos que ninguém paga por erros de outros. Sabemos que Deus é bom e justo, dessa forma não nos fará injustiças. Também sabemos que todos têm o que merecem. Portanto os problemas que temos que enfrentar se restringem a nós mesmos. Estamos ressarcindo ao universo aquilo que lhe usurpamos ou danificamos. Com relação à nossa individualidade, tudo o que nos acontece tem a ver com aquilo que pensamos, que falamos e como agimos. Há um ditado popular que diz: “Quem pariu que embale”. Nada mais justo e certo do que isso. Não podemos dizer que não cometemos as infrações que estamos resgatando. Quanto a isso, não podemos esquecer que quem resgata não é o corpo físico, é o espírito que infracionou a Lei quando usava um outro corpo. Da mesma forma que um carro que viola a velocidade permitida não é responsável pela multa. O responsável é o motorista. Quem paga a multa é o motorista.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 24 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Qua 9 Jan 2019 - 10:13

12/01/2017
As consequências das criações dos seres humanos recaem sobre eles mesmos. Não importa se é uma individualidade ou uma coletividade. As criações individuais deverão ser exorcizadas pelo próprio indivíduo. As criações coletivas, da mesma forma, deverão ser queimadas de forma coletiva. Hoje estamos sofrendo por uma cultura cleptocrática. Será que no passado não éramos nós que estávamos do outro lado de nossa vivência atual? Precisamos ter em mente que nada daquilo que sofremos nos vem de graça ou é mero acaso do destino. Se o fosse, Deus seria injusto, pois estaria permitindo que sofrêssemos algo que não merecemos. Devido à nossa educação religiosa torta, nos impuseram um Deus juiz, carrasco, julgador e condenador de seus filhos ao fogo do inferno. No entanto, Deus não faz nada disso. Como diz o livro “Conversando com Deus”, “Deus apenas observa”. Tudo no universo é regido por Leis, cuja maioria desconhecemos, e, no entanto, dirigem tudo, do átomo à galáxia. Deus tem muito mais coisas a fazer do que esperar o sujeito morrer e aparecer lá com o seu caderninho de anotações para julgá-lo. Quem julga o ser humano, quando passar a porta que separa a vida com a vida após a vida, será sua própria consciência, que vê em seu próprio Corpo Astral a sua vida gravada.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 24 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Qui 10 Jan 2019 - 9:12

13/01/2017
A subida para o andar de cima, para a vida após a vida, sempre causa apreensão. A grande maioria dos humanos “vive como se nunca irão morrer e morrem como se nunca tivessem vivido”, diz o Dalai Lama. Essa é a grande realidade dessa humanidade. Mesmo aqueles que são seguidores fiéis de religiões, quando chegam do outro lado da vida, lhe é tão estranho como estranha é a vida que levaram na matéria. As religiões não preparam o ser para continuar a vida após a morte. A grande maioria das religiões prepara seus adeptos, para quando morrer o corpo, o espírito ou alma ir sentar-se à direita de Deus, ou ficar pela eternidade olhando como bobos a face de Deus. Insanos, não leram no Evangelho de João 10:34 “Vós sois Deuses”. Esqueceram a sua própria essência para buscar um Deus hipotético e insano. Deus é você, Deus sou eu. Deus é aquele a quem nega um pedaço de pão. Deus é aquele que tem a cor da pele bem diferente da sua e por isso o despreza. Um grande mestre que desencarnou em 2011, Begawan Sathya Sai Baba dizia: “Eu sou Deus e você também é, eu sei e você precisa sabê-lo”. Precisamos estar conscientes de que do outro lado da vida seremos exatamente quem somos, mas sem um corpo físico. Ninguém fica santo ou demônio só porque perdeu o corpo físico.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 24 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Sex 11 Jan 2019 - 9:03

14/01/2017
O sucesso ou o fracasso de um empreendimento, tanto ao nível da matéria como ao nível do espírito, depende de embasamentos, de princípios que vão alavancar o seu desenvolvimento e a sua continuidade. Nada se consegue sem a constância e o empenho. A vida é uma máquina que precisa constantemente ser azeitada e direcionada para a evolução. Temos que ter em mente que não somos um mero acaso da natureza, que eventualmente laça seres neste universo, como se atira ração para os peixes. A nossa existência é o resultado do amor de Deus e da necessidade que Deus tem em experienciar os seus conhecimentos e, para isso, constantemente cria para plenificar-se, pois seu amor é tanto que em cada átomo, ser ou galáxia, fixou uma morada. Disso vem a evolução que nos torna Deuses também. Jesus assim o afirma: “Vós sois Deuses”. Não somente isso, afirma categoricamente: “Sede perfeitos como perfeito é nosso Pai que está no céu”. Precisamos estar conscientes, também, de que, ao nos individualizar de uma partícula Sua, dotou-nos do poder criador, através do pensamento, pelo qual criamos o nosso futuro e o mundo que nos rodeia, atestando assim a nossa Divindade.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 24 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Sab 12 Jan 2019 - 9:42

15/01/2017
A busca da perfeição deve ser uma coisa constante em nossa vida. Fomos criados para nos tornarmos Deuses, assim como Deus o é. Se não fora assim, Jesus não teria dito “Vós sois Deuses”. E, em outra ocasião, ter reprisado: “Sede perfeitos como perfeito é nosso Pai que está nos céus”. Nos descuramos constantemente disso. Levamos a vida como se fôssemos um mero excremento da natureza. Não somos capazes de levantar os olhos um pouco acima do horizonte, pelo contrário o fixamos próximo ao nosso umbigo e aos nossos pés. A matéria nos enreda totalmente, impedindo que nossos pensamentos alcem voos às alturas. Busque a essência de nosso agregado humano. Somente vemos e ouvimos o brilho e o tilintar do ouro e da prata. Nos tornamos escravos dos bens materiais. Como dizia certa pessoa, “eu sou movido pelo dinheiro”. Insano que és. Jesus diz que “Hoje mesmo a morte poderá vir reclamar o teu corpo”. “Não sabeis nem o dia e nem a hora”. Vais apresentar-te diante da vida após a vida, mais nu do que quando vieste a este mundo. Quando te darás conta de que Deus não se chama dinheiro? Os bens materiais devem servir apenas para sustentar o corpo, sede da essência Divina que nos mantém.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 24 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Dom 13 Jan 2019 - 10:11

16/01/2017
Deus é uno, isto é: um só. As filosofias e teologias gostam de classificá-lo de acordo com sua parca intelectualização da Divindade. Seus conceitos, que fazem da Divindade, talvez serviriam a um monarca do século XVII. Grande parte dos pastores julgam-se seus representantes e procuradores. Até mais parece que querem ocupar o seu lugar no comando do universo. Põe-no sentado em um trono e com mão-de-ferro dirige o universo e ai de quem ousar desobedecê-lo: será condenado ao fogo do inferno pela eternidade. Usam das mais intrincadas deduções filosóficas para que seus adeptos não possam entendê-lo. Não precisa de filosofia para entender a Deus; pois Deus sou eu, Deus é você, Deus é o átomo, Deus é o planeta, Deus é a estrela, Deus é a galáxia e, em síntese, Deus é o universo. Essa é a essência, a energia que reside em tudo e em todos. Somente precisamos nos conscientizar disso. Parece que as religiões não entenderam as palavras do Cristo: “Vós sois Deuses”. É somente na vivência desse pequeno conceito e de grande dimensão que encontraremos nossa evolução, o congraçamento com todos os outros Deuses do universo, tornando-os em uma grande realidade: “O Deus Uno Pai/Mãe”.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 24 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Seg 14 Jan 2019 - 9:23

17/01/2017
As nossas maiores dificuldades em nossa trajetória pela matéria representam as nossas maiores criações do passado, feitas pelos nossos pensamentos, nossas palavras e nossas obras. Não importa se tenham sido contra nós mesmos ou contra o próximo. Independentemente de a quem foi feita a criação, mas sim a própria criação feita. Se passamos a vida prejudicando o nosso corpo, fumando ou bebendo fora de limites, é muito provável que o pagamento cármico começa já nesta vida, e quando não for quitado totalmente, respingará no novo corpo em outra vida. Facilmente nos esquecemos das palavras de Jesus: “Não passará nem um til nem um jota da Lei sem que tudo seja cumprido”. Isso não depende de pré-disposições orgânicas para puxar essas consequências. As pré-disposições orgânicas sempre existiram em nosso DNA, o problema está no gatilho que fez disparar a pré-disposição. O gatilho está nas palavras de Jesus acima. Sempre que nos surgem dificuldades, precisamos buscar o que as causou e não imputar à natureza, à genética ou até entender como castigo Divino, que sempre estaremos batendo com o nariz na parede. Ninguém pode pagar por erro de outrem, porque sempre será uma injustiça. O único que comete injustiça é o próprio ser humano, no uso de seu Livre Arbítrio.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 24 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Ter 15 Jan 2019 - 9:05

18/01/2017
A incompreensão da dinâmica do universo e de suas Leis é que torna tantas mentes bitoladas a algumas verdades inexistentes ou falseadas por seres que se autoimpõe o mando, como se um cargo de dirigente lhe desse autoridade de impor aos outros seus princípios como verdades absolutas. É claro que nem todos possuem os mesmos conhecimentos, mas ninguém tem o direito de impor os seus a quem quer que seja, em detrimento dos conhecimentos individuais. Embora, a malformação grose no seio desta humanidade, onde, especialmente os mais jovens e as crianças não recebem princípios e muito menos limites, na formação do seu consciente exterior, que fica ao léu, como folhas levadas ao vento, possibilitando assim a deformação social dessa juventude que se julga no direito de agir e interagir como se fossem selvagens, quando muitas vezes, estes são muito mais sociáveis do que aqueles. Perdeu-se quase totalmente o senso do gregário e isso possibilita que essas mentes insanas, apoiadas pelos que os deveria corrigir, agem como se fossem débeis mentais sem a capacidade de discernir entre o bem e o mal. O bem só o é para aquilo que lhe serve e o mal para si não existe, pois ninguém os preparou para andar e agir em sociedade.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 24 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Qua 16 Jan 2019 - 9:35

19/01/2017
Não podemos esquecer que a cada reencarnação o consciente exterior do seu novo corpo é como um livro em branco. Não há nada contido nele, pois o espírito não tem condição de passar seus conhecimentos e experiências para o consciente exterior do seu novo corpo. Aqui está o grande problema da humanidade atual, ao menos em grande parte. Os pais ou responsáveis por esses pequenos seres não se preocupam sequer em dar uma educação condizente para viverem em sociedade. Não corrigem as pequenas traquinices, normais de quem está experienciando o mundo pela primeira vez, muito menos dão limites; “isso pode, isso não pode”. Não determinam atividades que vão desenvolver a responsabilidade. Não ensinam a esses pequenos seres a se portarem à mesa, na escola e em uma reunião de amigos. A consequência, vê-se por toda parte. Alunos batendo nos professores, outros “tirando sarro” de seus colegas, quando não os obrigam ao escárnio. Por onde passam, deixam o sinal de sua insanidade e falta de educação. Não respeitam ninguém. Todos têm que se curvar a seus desejos desequilibrados. Esse é o resultado da irresponsabilidade dos pais em educar seus filhos, sem leis, sem princípios e sem limites.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 24 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Qui 17 Jan 2019 - 9:10

20/01/2017
A existência do espírito é uma caminhada constante, com uma progressão que depende única e exclusivamente de si. Até podemos fazer uma pequena comparação com um rio. O rio nasce de uma pequena vertente. O espírito surge para a individualidade simples e ignorante, de uma partícula Divina. O rio corre ao encontro do mar. O espírito busca a sua mestria. O rio tem momentos de remanso, de águas calmas e seu avanço é lento e demorado. O espírito encarna múltiplas vezes em corpos serenos e dóceis. O rio muitas vezes passa por declives, e suas águas tornam-se revoltas. O espírito também algumas vezes encarna em corpos instáveis, agitados e rebeldes. O rio recebe constantemente novas águas que vêm aumentar o seu caudal. O espírito também, no decorrer de sua busca pela mestria, recebe conhecimentos novos para o auxiliar na sua evolução espiritual. O rio, ao final de sua jornada, encontra o mar, que o recebe de braços (estuário) abertos e nele deposita todo o seu ser. O espírito também, ao final de sua jornada alcança a mestria e mergulha inteiro dentro da Divindade, onde não há mais segredos nem mistérios, onde através de seus méritos alcançou o mais alto grau de desenvolvimento humano. Onde estará com a Divindade dirigindo os destinos dos seus irmãos que ainda labutam na busca de sua evolução espiritual, a sua mestria.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 24 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Sex 18 Jan 2019 - 9:12

21/01/2017
O principal sonho do ser humano é em primeiro lugar evoluir. Isso já está inato em seu ser, e impresso em seu DNA. É esse desejo que impulsiona o ser humano na busca de tudo o que for possível para enriquecer. Pena que esse enriquecer restringe-se quase exclusivamente, e, para muitos, somente às coisas materiais. De um modo especial, o povo brasileiro se detém muito na “lei de Gerson”, sempre quer tirar vantagem em tudo, não importando a forma como a consegue. Até um alto magistrado desta nação, um dia disse: “Temos um poder cleptocrático”. Pode-se até dizer que isso se aplica a todas as camadas da população. É claro, com muitas exceções. Essa constatação do magistrado leva a outra consequência, governa-se e legisla-se através da mentira e de tanto repeti-la acaba parecendo uma verdade. Essa forma de agir espalha-se não somente entre os poderes constituídos, mas por todas as camadas da população. Com essa forma de agir, dando exclusividade às coisas materiais, exclui-se a outra perna do agregado humano, que é evolução do espírito, principal objetivo de nossa passagem pelo corpo físico. Essa forma de agir cria um monstrengo, com a perna da matéria totalmente desproporcional da perna do espírito, tendo que muitas vezes retorna à matéria de forma paraplégica e totalmente dependente, na busca de equilibrar seu desenvolvimento desarmônico.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 24 Empty Re: PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 24 de 30 Anterior  1 ... 13 ... 23, 24, 25 ... 30  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum