PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Página 28 de 30 Anterior  1 ... 15 ... 27, 28, 29, 30  Seguinte

Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 28 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Sab 6 Abr 2019 - 9:45

08/04/2017
Numa carta endereçada aos espíritas, o espírito de Inácio Ferreira, em Uberaba Minas Gerais, em 22/07/2013, disse que, “na Colônia Espiritual Nosso Lar, onde todos almejam habitar, tem muito mais católicos, protestantes, umbandistas e até mais ateus do que espíritas”. Na realidade, o que Inácio Ferreira expressou foi que não é o “carimbo” que temos na testa, que vai nos salvar ou levar para a “Colônia Nosso Lar”, mas o que somos, o que brota do coração. Isso é o que é importante, o resto é apenas para preencher o ego e o orgulho. É muito melhor ser ateu e se apiedar das necessidades dos outros do que ser um carola de igreja e menosprezar as necessidades alheias. A religião, como tal, é apenas uma agremiação como um time de futebol. Ela é apenas um local de reuniões, é claro como uma egrégora própria, mas nada mais que isso. O que vale é aquilo que fazemos, que falamos e o que pensamos. A essência não está na igreja, mas no coração. O coração sempre dita aquilo que pensamos, falamos e agimos. É preciso levar os ensinamentos para fora das igrejas e pô-los na rua. É lá que se forma e se transforma o ser humano, é lá que se aplica e se completa o “Somos Todos Um”. Enquanto não fixarmos profundamente em nosso consciente exterior essa realidade, continuaremos a buscar as coisas materiais, que em realidade nos afastam inclusive delas, pois, se aplicarmos as palavras de Jesus, “Busca em primeiro lugar o Reino de Deus e sua justiça e tudo mais vos será dado de acréscimo”, as coisas materiais nos caem nas mãos como por encanto.


Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 28 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Dom 7 Abr 2019 - 10:07

09/04/2017
A evolução é a resultado de nossa experienciação. A evolução é, também, resultado de nossas opções, de nossa busca, de nosso interesse e da aplicação que damos a isso. Temos que ter em mente que todos os seres humanos, em qualquer localização no universo, todos, absolutamente todos, saímos de uma partícula Divina, mas, postos na matéria, iniciamos nossa caminhada evolutiva na plena simplicidade e ignorância. Dessa forma, tudo precisa ser apreendido, paulatinamente, e não numa vida, mas em “n” vidas, repetindo o mesmo exercício até estar plenamente fixado em nosso consciente. A evolução possível em uma existência física é muito restrita, tão restrita como é para uma criança aprender a tabuada, precisa repetir muitas vezes até fixar-se no consciente exterior. O aprendizado do espírito segue o mesmo caminho, repetir, repetir, repetir até aprender. Assim como diz Kardec: “nascer, morrer, renascer sempre, tal é a Lei”. O aprendizado do espírito é que dá o suporte à evolução das coisas materiais. Pela evolução das coisas materiais é que se consegue aquilatar a evolução, ao menos em parte, dos espíritos hora encarnados na Terra. Aqui, temos condição de avaliar muito mais, pois temos seres humanos encarnados nas mais diversas evoluções, desde quase o homem das cavernas ao homem que já pisou a lua, ou o homem que conseguiu unir habitantes deste planeta através de um aparelhinho que leva no bolso, chamado celular.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 28 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Seg 8 Abr 2019 - 9:09

10/04 2017
Somos demasiadamente vinculados às cabeças do passado, e quanto mais distante melhor. Não discordo disso, pois foram elas que pensaram e transmitiram para a posteridade aqueles conhecimentos. Conhecimentos, por sinal, importantes, especialmente às mentes e evoluções daquelas civilizações. Não nos damos contas de que a mente, a lógica e a razão evoluíram muito, daquela época até hoje. Ao nos apegarmos demasiadamente àqueles conhecimentos, deixamos escapar outros que surgiram posteriormente. Não podemos ficar estacionados no passado longínquo, porque perdemos o bonde da evolução. Até aqui, me refiro exclusivamente às coisas do espírito. Fazendo uma comparação com as coisas materiais diria: “já pensou se a evolução das ciências humanas seguisse esse mesmo parâmetro? Certamente estaríamos ainda fabricando machados de pedra, ou arco e flecha para sustentar uma guerra”. No entanto, damos todas as asas à matéria e puxamos o freio de nosso espírito. Quantos conhecimentos já foram liberados ao ser humano após Moisés e Jesus. Só para citar alguns: Kardec, Helena Blavatsky, Saint Germain e mais recentemente o Mestre Tibetano Djwhal Khul, que trouxe o conhecimento dos Raios Divinos. Esse conhecimento abre as portas da Autoultilização da Energia Divina através do pensamento, que no outro lado da vida, teve uma repercussão extremamente importante, que levou todo o mundo espiritual a alterar suas formas de utilizar os Raios Divinos.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 28 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Ter 9 Abr 2019 - 8:43

11/04/2017
O processo depurativo do espírito é muito longo, porque ele precisa limpar-se daquilo que cometeu contra a Grande Lei. As energias negativas que se acumularam sobre a sua essência Divina, o “EU SOU”, não desaparecem, a menos que o próprio queira limpar-se, e assim aja. Como o surgimento dessas energias deletérias partiu de sua vontade, é através de sua vontade que poderá limpar-se. Quando demasiadamente inferiorizado, o carma, consequência de seus atos, podendo vir em forma de doenças, é a limpeza feita através da dor. Não é por nada que existe aquele ditado popular que diz: “a dor ensina a gemer”. Quando a consequência de seus atos for pesada demais, o corpo padece de formas que não possa reagir, condicionando o espírito a viver em um corpo que esteja impossibilitado a qualquer liberdade de ação. Isso tudo é temporário, ao menos até que o Carma correspondente esteja quitado e assim tudo se normaliza novamente para as próximas existências no corpo físico. Não podemos esquecer que nem a matéria e nem o espírito são imperfeitos. Se um deles fosse, Deus seria injusto. As anomalias, as deficiências acontecem até ser sanada a causa de sua origem. Precisa ficar bem claro: Deus criou um espírito perfeito e também criou a matéria perfeita. As imperfeições são as consequências da infração do espírito à Grande Lei. O ressarcimento, em sua forma de carma, é temporário.


Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 28 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Qua 10 Abr 2019 - 9:01

12/04/2017
Eu me refiro muito à vida após a vida. Creio que isso representa a realidade, pois a morte do corpo, ou melhor dizendo, na separação do corpo e do espírito, a vida continua. No Reino Animal, a vida não está no corpo, mas no espírito, na Essência Divina que aglutina miríades de elementos para formar seu veículo de interação na matéria. O mesmo acontece no reino vegetal, onde a vida é guardada dentro da semente, portanto, podemos fazer surgir novamente aquele vegetal, dando condições à semente de reapresentar a vida que contém dentro dela, inclusive, vendo essa nova vida surgir. No reino animal, a vida é guardada pelo espírito, portanto, quase a maioria das pessoas não pode ver a vida após a separação do corpo. Muitos há que podem ver a vida do ser humano ou animal que passaram pela porta que separa a vida da vida após a vida. Muitos, que normalmente não a veem, quando a veem, chamam-na de fantasma. Não se dão contas de que um dia também serão fantasmas. A única forma de essa vida animal continuar a render frutos, isto é, evoluir é retornando novamente em um corpo físico, assim como a semente do vegetal transforma-se em outra planta semelhante a que lhe deu origem. O Cristo dizia: “Quem não nascer da água e do espírito não entrará no reino dos céus”. O reino dos céus é a evolução máxima do espírito humano, a mestria.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 28 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Qui 11 Abr 2019 - 8:28

13/04/2017
A ideia que é lançada pelas religiões sobre a vida após a vida vai muito longe da realidade. As religiões monoteístas dizem que, após a morte do corpo, vai-se para o céu ou para inferno, e alguma acha que a alma fica dormindo. Ledo engano. Continuam a martelar na mesma tecla dos pensadores e dos que estabeleceram os princípios religiosos na época. Para as mentes daquela época, era necessário que fosse assim. Hoje, com toda a evolução da própria ciência humana, a evolução do pensamento, da lógica e do raciocínio aliados a novos conhecimentos que foram liberados pelos mestres do mundo espiritual e pela literatura, sobe-se que não é bem assim como vem sendo ensinado nas igrejas. Na realidade, o espírito vai para onde o põe seu peso específico, em outras palavras, continua sendo o que é, somente sem o corpo físico. Ninguém fica santo ou demônio só porque deixou o corpo físico. O céu, o inferno ou o purgatório são apenas um estado de espírito. No momento em que o próprio espírito altera seu “tônus vibratório”, altera também a sua situação, isso, mesmo sem sair do lugar em que está. No mundo espiritual, também é muito forte o querer. Sempre que há o querer de melhorar-se, mãos sempre estarão disponíveis para ajudar. Porque, no lado de lá da vida, na vida após a vida, sabe-se que “Somos Todos Um”. Cada um que retorna é o filho pródigo que está retornando ao lar.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 28 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Sex 12 Abr 2019 - 9:06

14/04/2017
Na caminhada terrena, o espírito encontra o maior empecilho no consciente exterior de seu próprio corpo. Na grande maioria dos humanos, o consciente exterior é malformado, causando as dificuldades do espírito em bem executar a programação que fora estabelecida antes de sua descida à matéria. Para a grande maioria dos humanos, o espírito é uma coisa secundária, nem se dão conta de que quem estabelece a vida, mantém essas miríades de elementos que formam o corpo físico em perfeita unidade e funcionamento, não só na parte orgânica, mas também na parte mental, na lógica, no raciocínio, no pensamento e na capacidade de transformar o pensamento em palavras e as palavras em atos, tudo, absolutamente tudo é resultado da presença do espírito vitalizando o corpo. No entanto, ele é tratado com desdém. Não lhe dão o necessário alimento, que, muito mais do que ir a uma igreja, é ter momentos individuais de interiorização, deixando o espírito livre para volitar ao infinito e lá se recarregar das energias Divinas e poder, ao retornar, trazer muitos benefícios a seu instrumento, dando-lhe melhores condições de ser seu sócio nessa caminhada terrena. O espírito, evoluindo mais rápido, transfere para seu corpo o resultado de sua evolução, pois, em realidade, são um só, e que quando alcançada a mestria, o corpo acompanhará o espírito para a eternidade.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 28 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Sab 13 Abr 2019 - 9:13

15/04/2017
O desconhecimento da atividade de Deus, o desconhecimento das Leis que Ele estabeleceu para reger todas as coisas, do funcionamento do átomo ao andar das galáxias nesse universo infinito. O desconhecimento das Leis que governam o relacionamento de todos os seres, nos seus mais variados reinos, do menor dos seres materiais ao maior dos seres espirituais. Aqui está a nossa relação com a Divindade. Esse desconhecimento nos leva a atribuir a Deus as consequências de nossos atos. Tudo que acontece, atiramos nas costas de Deus. O principal desse desconhecimento ou esquecimento, é das palavras de Jesus quando disse: “Vós Sois Deuses”. É a esse Deus, que Jesus se refere também por “EU SOU”, é que devemos agradecer. Esquecemos igualmente que, ao nos criar de uma partícula Sua, recebemos também o Seu poder criador. Não podemos esquecer que através desse poder é que criamos nossa existência física, as condições de vivência na matéria, as pedras e espinhos encontrados no caminho. Tudo, absolutamente tudo, é resultado de nossos pensamentos, nossas palavras e nossas obras. Esse tudo, que nos diz respeito, interfere também do tempo, somando as criações de toda a humanidade. O tempo possui seu ciclo, mas o homem altera a sua intensidade através de suas obras. O que atribuímos a Deus devemos atribuir ao ser humano, pois ele é “Deus em Ação”. De acordo com o livro “Conversando com Deus”, “Deus apenas observa”.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 28 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Dom 14 Abr 2019 - 9:46

16/04/2017
Todo o conhecimento que é distribuído à humanidade tem um único objetivo que é levar essa humanidade a uma evolução mais rápida. A eficiência desse conhecimento está exclusivamente na consciência do consciente exterior do ser humano que compõe essa humanidade. O conhecimento só pode funcionar se for posto em prática, senão, continuará como se não houvesse sido liberado ou tirado de sobre ele o Véu de Secreto. Digamos assim, alguém está num barco, num rio, possui um pequeno remo para poder navegar. Alguém lhe passa um remo maior que faria aumentar a velocidade do barco, mas ele deixa de lado e prefere continuar com seu pequeno reino. Isso é mais ou menos o que acontece com quem recebe um conhecimento novo, mas não quer se desligar dos que já possuía, mesmo que o novo conhecimento seja um complemento aos seus, e a sua origem seja a mesma. Parece uma sina dessa humanidade, quando deixa uma religião por descobrir outra que lhe pareça mais lógica e razoável, leva junto os mesmos cacoetes da anterior. Só tem valor a que eu estou. A mania de somente seguir a cabeça do passado ainda está incrustada na mente dessa humanidade. Tudo que lhe vem é tido com ressalva e deixado de lado, simplesmente por preguiça mental de analisar o novo conhecimento. Assim como diz Kardec, “Examina tudo e retém o que é bom”.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 28 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Seg 15 Abr 2019 - 9:42

17/04/2017
Na vida após a vida, o conhecimento de como é esse lugar, que as igrejas chamam de céu, inferno ou purgatório, não é exatamente a expressão da realidade daquele lugar. Podemos afirmar, baseados nas informações recebidas de nossos maiores, especialmente, quanto às transformações que advieram após a utilização dos Raios Divinos ou Chama na forma de tratamento. As três chamas: a Violeta, para fazer a limpeza; a Verde para curar para consertar e a Rosa para harmonizar, seguindo a mesma técnica do médico quando precisa fazer uma intervenção em um paciente: desinfeta, limpa; corta e conserta; depois costura, fecha e põe uma proteção. Essa Técnica da Chama chamada por Kryom, tem surtido efeitos maravilhosos a nível espiritual, quando, especialmente, isso é feito em forma de autoaplicação. Não podemos esquecer que céu, inferno e purgatório são estados de espírito e não locais determinados. No momento em que o espírito, utilizando a Técnica das Chamas, faz a alteração de seu tônus vibratório, isso altera seu estado de espírito. Isso não inviabiliza o carma, muito menos os resgates que tenha que fazer, mas os tornam conscientes de seus erros e dos resgates que terá que fazer. Como diz um rapaz que em vida vendia tóxicos, que para ele aquilo era um trabalho e lhe dava prazer. Foi assassinado. Apareceu em nosso trabalho e dizia que sua alma doía ao ver o sofrimento que causara no viciado e em sua família.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 28 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Ter 16 Abr 2019 - 8:41

18/04/2017
O conhecimento é reservado a quem tiver condições de entendê-lo e aplicá-lo à sua vida. Fazendo um pequeno parâmetro: por que a evolução material da humanidade só foi acelerada a partir do início do século passado? Isso está claro, porque homens de gênio começaram a surgir e aplicar sua inteligência em descobrir soluções para a vida do ser humano. A evolução continuou se acelerando porque atrás deles vieram outros que, entendendo aquilo que haviam descoberto, aplicaram sobre o já conhecido, suas mentes brilhantes, que aceleraram mais a evolução material da humanidade, a tal ponto que hoje quase pode-se dizer, a cada dia, um novo invento. Não esqueçam que a evolução material sempre é secundada pela evolução do espírito. Conforme os espíritos evoluíam em sua passagem pela Terra, levavam as coisas materiais a evoluírem junto. Nenhum conhecimento é liberado sem que haja homens capazes de entendê-los e aplicá-los a suas vidas e à humanidade. No momento em que a humanidade evoluir bastante, especialmente em moral, tenho certeza de que muitos inventos sairão debaixo do Véu do Secreto. Entre eles, as máquinas que foram usadas para a construção das pirâmides e o funcionamento dos discos voadores.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 28 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Qua 17 Abr 2019 - 9:02

19/04/2017
A morada celeste não é bem aquilo que as pessoas imaginam e as religiões ensinam. Não existe um local que podemos denominar de céu, inferno ou purgatório. Em primeiro lugar, porque está em outra dimensão, uma dimensão imaterial, portanto não visível nem palpável pelos nossos sentidos obtusos. Em segundo lugar, porque é algo individual, não pode ser partilhado com ninguém. É a mesma comparação de nossa individualidade. Estamos no mundo, mas não somos do mundo. Assim como o mundo não nos pertence, nós não pertencemos ao mundo. Tanto o mundo como cada individualidade, pertencemos ao universo. E, este universo é tão, tanto e muito mais do que nossa mente consegue alcançar. Assim como nós e o mundo pertencemos ao universo, o céu e o inferno pertencem também a um universo, que não é material e que é restrito, tão restrito quanto nossa evolução, pois está dentro de cada um. Esse céu ou inferno é criado pelos nossos pensamentos, pelas nossas palavras e pelas nossas obras. Não podemos esquecer que o pensamento é o que engendra, cria tudo no nosso universo, as palavras, são a expressão do pensamento e a ação é a materialização das palavras. Não é por nada que o Cristo insistia nos “pecados por pensamentos, por palavras e por obras”. Porque a nossa morada celeste fica dentro de nosso coração e é criada a todo o momento pelos nossos pensamentos, nossas palavras e nossas obras. Faça o teu céu, porque se não o fizeres, estarás criando o teu inferno.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 28 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Qui 18 Abr 2019 - 15:25

20/04/2017
O silêncio é a canção da alma. Nosso espírito precisa do silêncio da matéria para poder emancipar-se, pois este é também o seu alimento. Precisa haver o silêncio da mente, para que o espírito consiga recarregar suas forças. O universo executa seu bailado no pleno silêncio, assim, consegue manter seu ritmo na rota que lhe fora estabelecida. A natureza se revigora, haure novas energias quando o mundo silencia. O sol abre a aurora no mais profundo silêncio e seus raios penetram as janelas para, apenas com seu brilho, acordar a natureza, a vida, que no auge de sua concentração absorva os últimos alentos do silêncio da noite e assim estar preparada para um novo dia com uma vida renovada. A natureza toda respeita o descanso da vida para que possa se refazer, recarregar, renovar-se e preparar-se para continuar sua evolução. Todo guerreiro precisa do descanso, e nada mais guerreiro do que a vida, pois precisa enfrentar todas as vicissitudes que espreitam seu caminhar. As maiores vitórias se conseguem após o silêncio, porque é neste momento que o espírito se emancipa para buscar as respostas para todos os questionamentos da vida.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 28 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Sex 19 Abr 2019 - 8:42

21/04/2017
Os mundos se dividem de acordo com suas evoluções, e também, os seus habitantes, em qualquer de seus reinos. Nos níveis evolutivos mais baixos, reina como absoluta a matéria. Com exceção dos espíritos que comandam o planeta, os outros também estão evolutivamente equânimes com a evolução do planeta. Os habitantes do planeta, especialmente os humanos, é que comandam através de sua própria evolução a evolução dos reinos inferiores e o próprio planeta. Quando o ser humano retarda, pela sua incúria e desleixo, a própria evolução, respingando nos reinos inferiores e o próprio planeta, então o comando que dirige aquele planeta determina a evolução compulsória, degredando os seres e as energias que impediam a evolução, para mundos bem mais interiores, onde deverão começar toda evolução a partir do ponto zero, reiniciando assim toda uma caminhada que não souberam aproveitar. Quando essa oportunidade não for o suficiente para o espírito buscar sua evolução, então, sua própria inferioridade o transforma em um ovoide. Quiçá, terá que permanecer assim por alguns milhares de anos. Isto porque infringiu de tal forma a Lei da evolução, impressa em seu DNA, que se tornou para ele a Lei da involução.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 28 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Sab 20 Abr 2019 - 9:32

22/04/2017
A nossa vida, tanto na matéria como em espírito, se resume, se condensa na manipulação da energia. Toda a energia emanada do Deus Uno Pai/Mãe e se espalha por todos os seres do universo. Dentro de seu reino, cada ser tem por dotação a manipulação da energia Divina para um determinado fim. Por exemplo, os elementais são os responsáveis pelo renascimento das flores, a cada primavera e o crescimento dos vegetais. O ser humano, por sua característica própria, é quem experiencia a energia Divina, expressa nos conhecimentos, e cria através do seu pensamento, o mundo que o rodeia, seu mundo particular. Essa criação se estende até o seu futuro corpo, em próxima existência. Os seres dos reinos extrafísicos zelam para o perfeito funcionamento dos reinos que lhes são inferiores. Quando o ser humano não for o destruidor de seu habitat, tudo anda em perfeitas condições. Dentro de toda a criação, o ser humano é o único que pode destruir-se e destruir a casa onde mora e que lhe garante o sustento, por isso, é o único que se torna responsável pelas suas criações, que são a manipulação da energia Divina. O Livre Arbítrio lhe dá a liberdade de usar a energia a seu bel-prazer, mas exige a responsabilidade pelos seus atos, suas criações. A forma como vai usar a energia, para o bem ou para o mal, lhe dará a evolução ou o carma

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 28 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Dom 21 Abr 2019 - 10:11

23/04/2017
Na nossa caminhada evolutiva, dentro de um corpo físico, sempre encontraremos afetos e desafetos de vidas passadas. São os acertos que precisamos fazer, de nossas faltas pretéritas. Os afetos, sempre servem para estreitar laços de amor e amizade que lhes dedicamos. Os desafetos são para dirimir quizilas havidas, também, em vidas passadas, com aqueles com quem nos mostramos inimigos. Uns vêm juntar-se a nós nesta vida, para nos dar força na atual caminhada, pois todos precisamos nos dar as mãos, pelo simples fato de sermos todos um. Outros vêm escondidos pelo Véu de Maya para apaziguar os ânimos e assim, quiçá, fazer mais um amigo para a eternidade. Os inimigos são apenas de corpo, cujo consciente exterior, malformado, julga-se superior aos outros, causando pequenas diferenças que o tempo, naquela vida, se encarregou de multiplicar, causando a desarmonia. Eles também têm direito ao perdão, à convivência pacífica, à amizade e à participação do “Somos Todos Um”. O ver-se, o conviver e o aceitar-se como irmãos é uma das condições da evolução espiritual. Bem diferente que a evolução material, que muitas vezes leva um ser a pisar na cabeça dos outros para poder conseguir vantagens, até desonestas, para almejar as coisas materiais.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 28 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Seg 22 Abr 2019 - 9:40

24/04/2017
Há a necessidade de endireitarmos a nossa estrada, embora, a que estamos trilhando agora, seja cheia de curvas, de pedras, de espinhos e de animais peçonhentos a entravar nossa caminhada. Não podemos culpar Adão por esses empecilhos que enfrentamos. Adão, possivelmente, não existiu, pela inconsistência de seus relatos, serve muito bem como uma parábola, um conto de fadas, para nos fazer ver a importância e a necessidade de andarmos no caminho reto, em nossa conduta e vivência. Talvez, ou, com certeza, o responsável pelos entraves de nosso caminho tenha sido apelidado de Adão, e os que colaboraram e incentivaram os nossos deslizes à Grande Lei tenham recebido o apelido de Eva e de serpente. Não pode ser diferente, pois ninguém é “pato” para pagar as dívidas dos outros. Se assim pudesse ser, Deus seria injusto, estaria permitindo que alguém sofra pelos erros e pecados dos outros. Portanto, a nossa estrada foi criada por nós mesmos, não nosso corpo, mas nosso espírito. Só para clarear esse assunto, um pequeno exemplo: “o carro teria que pagar a multa por ter ultrapassado o radar com o dobro da velocidade permitida”? Quem paga é o motorista. Apesar de muitos não aceitarem, mas a grande realidade é que o motorista de nosso corpo é o espírito. Nosso corpo é como um carro, por si só, não tem vida. O carro é um aglomerado de peças e nosso corpo é um aglomerado de miríades de elementos, que, quando o espírito sair dele, seus elementos voltam ao informe, de onde surgiram.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 28 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Ter 23 Abr 2019 - 15:24

25/04/2017
Quando os pais são relapsos com a educação de seus filhos, não lhes dão limites nem princípios, isso estabelece uma corrente que vai arrastando todo o futuro de seus rebentos. O início já é em casa e na convivência na sociedade onde vive. Em casa, não respeita seus pais e nem seus irmãos, a menos que algum mais velho lhe imponha respeito. Age como se fosse o dono do pedaço e todos têm que se inclinarem à sua frente. Não há para ele limites em sua ousadia. Quando inicia a ir à escola, ai de quem passar à sua frente, torna-se o algoz dos professores e dos próprios colegas de escola. Nada e ninguém consegue tolher-lhe a ousadia e o desrespeito. Esses pais não criaram um filho, criaram um monstro. Quando, então, se emancipa totalmente, a sociedade terá que tomar medidas extremas para conter a insanidade dessa criatura. O castigo de seus pais é ter que levar refrigerante e bolo para seu filho, na prisão, quando ainda se lembram que é seu filho. O pior castigo, ainda, não é esse, ele virá no futuro, quando no mundo espiritual tiverem constatado que falharam na sua missão de pais, e, talvez, terão que tê-lo, novamente, em outra encarnação como um filho totalmente dependente de seus cuidados diuturnos. Esse filho somente poderá escapar a isso se sua vontade no bem for maior que o estrago que os pais lhe impuseram pelo seu desejo. Então, poderá libertar-se dos cacoetes adquiridos durante sua infância e juventude.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 28 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Qui 25 Abr 2019 - 14:02

26/04/2017
A evolução espiritual é uma disciplina que se aprende com a experiência. Depois de muito cair e levantar, depois de muita cabeçada se aprende. A maior dificuldade é que não se sabe o resultado daquilo que experienciamos, e, na maioria das vezes, nem sabemos que estamos experienciando. O seu resultado só vai aparecer quando o espírito deixar o corpo físico. O novo corpo que o espírito formar não saberá porque tem que resgatar algo que outro infracionou. Em geral, a própria humanidade não sabe que quem sofre as consequências daquilo que Jesus diz: “pecados por pensamentos, por palavras e por obras” é o espírito, como também quem infracionou não foi o corpo, foi o espírito que não teve forças para dirigir o veículo que usa para interagir na matéria. Da mesma forma que quem comete uma infração de trânsito não é o carro, é o motorista que o dirige. Mesmo que o carro seja vendido, e adquirido outro, quem vai pagar a multa é o motorista. Assim, experienciando, caindo e levantando, usando muitos outros corpos, o espírito evolui. Tudo depende de sua constância e empenho em buscar a sua evolução espiritual, alcançar o objetivo proposto por Jesus, “Sendo perfeitos como perfeito e nosso Pai que está nos céus”. Quanto mais andarmos, quanto mais nos aplicarmos, mais rápido alcançaremos a mestria, objetivo impresso por Deus em nosso DNA.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 28 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Sex 26 Abr 2019 - 9:15

27/04/2017
O desequilíbrio do espírito é causado, em grande parte, pelo consciente exterior malformado. Este comanda todos os atos da vida do corpo físico, e, geralmente, leva o corpo por descaminhos que terão consequências funestas para o espírito, pois tem que resgatar tudo de malfeito, por seu corpo físico em outras encarnações pretéritas. A atividade do espírito se torna muito pesada quando os pais não dão limites e nem princípios para os seus filhos, desde a mais tenra idade. Esse cuidado para bem formar o consciente exterior das novas gerações deve ser uma questão social, em que toda a sociedade participe na formação de todos as novas gerações da comunidade, da cidade, do estado e do país. As crianças devem crescer já sabendo quais as consequências causadas pelos seus atos. Isso é uma questão importantíssima porque aplaina, retira as pedras e espinhos de seu caminho, na sua vida física, mas especialmente a vida de espírito que encontra terreno fértil para desenvolver-se e assim cumprir rapidamente sua trajetória no corpo físico, para alcançar a mestria.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 28 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Sab 27 Abr 2019 - 9:41

28/04/2017
O futuro, incógnita de tempo, é falsamente perceptível somente ao consciente exterior do ser humano. Essa incógnita é necessária ao intelecto humano, somente para intelectualização do tempo que aparece aos nossos olhos, à nossa percepção das coisas. Como poderíamos intelectualizar o presente, o agora, sem os dois extremos do tempo, o passado e o futuro? Na vida extrafísica, os extremos de tempo não existem. Lá só há o presente, o agora, que é também o tempo de Deus. Nada podemos fazer no passado ou no futuro. O passado é o presente que já foi e o futuro é aquilo que criamos e que ao seu tempo se tornará presente. Se nada for feito no agora, nosso futuro também será o nada. Não importa se essa criação do futuro tenha sido feita no agora, ou no agora que já passou, ou no agora de uma vida física pretérita. Temos que nos conscientizar de que a nossa vida, ao menos seus fatos, não são o início dela, é tudo obra daquilo que Jesus chama de “Pecados por pensamentos, por palavras e por obras”, que muito bem poderia ter substituído a palavra “pecado” por “criações”, não o fez, porque seria entendido muito menos do que foram suas palavras. O importante está na palavra de Deus no livro “Conversando com Deus”, que diz: “Se não está satisfeito com sua vida, modifica teus pensamentos”.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 28 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Dom 28 Abr 2019 - 9:16

29/04/2017
No livro “EU SOU A APRESENÇA MÁGICA”, Saint Germain, na página 225 diz: “Todos nós necessitamos fazer viagens mentais para desenvolver nossas capacidades mentais e compreender que cada intelecto humano é somente um desses três bilhões de almas, aproximadamente, encarnadas sobre esta Terra. Nossa Terra é um dos menores planetas do nosso sistema solar. Nosso sistema é apenas um átomo na galáxia a que pertencemos, e há galáxias de galáxias”. Entendi, agora, em complementação ao que minha capacidade mental conseguia captar, aquilo que um astrônomo, há algum tempo, havia descoberto: que certa galáxia se deslocava pelo universo. Com a afirmação acima, dos ensinamentos de Saint Germain, de que ninguém jamais poderá duvidar, assim como ninguém duvida das palavras do Cristo, pois muito pouca gente sabe quem é e o que representa Saint Germain para o nosso planeta Terra. A mim, foi uma novidade muito grande saber, através de seus ensinamentos, que haja “galáxias de galáxias”. Minha intelectualização de universo era incomensurável, e agora já não há mais palavras que possam expressar meu espanto e, ao mesmo tempo, a confirmação de que já havia escrito em alguma de minhas mensagens diárias que “um planeta é um macro átomo e o sistema solar é um macro, macro átomo e uma galáxia é um macro, macro, macro átomo. Agora terei que acrescentar à minha teoria que, uma galáxia de galáxias é um macro, macro, macro, macro átomo, pois, tudo é um, assim como o ensinamento da Grande Fraternidade Branca, “Somos Todos Um”.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 28 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Seg 29 Abr 2019 - 15:20

30/04/2017
O ensinamento do mestre Saint Germain, em seu livro, “EU SOU A PRESENÇA MÁGICA”, apresenta um novo dado, que a princípio me espantou, mas com a mente deitada sobre esse novo dado, desconhecido pela ciência dos homens, pude, lentamente, perceber quão pequeno é nosso conhecimento, nossa intelectualização e nossa percepção de quem chamamos de Deus, e que, após a informação de espíritos superiores, que frequentavam nossas sessões de Terapia Holística, nos passaram que eles chamavam este Ser de “A Grande Energia”. Se a gente tinha a intelectualização do universo como infinito, agora alargou-se muito mais, agora podemos dizer: o “infinito do infinito”. Se com um universo que englobava as galáxias, agora, este universo tomou proporções que não encontra parâmetros linguísticos para expressar essa nova realidade. O único recanto onde se pode fazer pálida dedução de seu incomensurável tamanho é na dedução lógica, mas sem forma de ser expressada por palavras. Agora, uma nova perspectiva para o entendimento da Divindade, o Ser que através de sua energia comanda tudo isso, sem que um interfira no funcionamento do outro, e, sendo que todos estão presos por um princípio que podemos dizer que somente está entendido pela ciência dos homens na sua mínima escala. Por isso Deus dizia a Moisés: “EU SOU AQUELE QUE É”.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 28 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Ter 30 Abr 2019 - 9:46

01/05/2017
Nos acostumamos muito mal, desde a nossa infância. A malformação de nosso consciente exterior só possui aquilo que lhe passou pelos cinco sentidos. Temos uma intelectualização da Divindade extremamente superficial e que não diz nada de sua realidade. Temos a Deus como um soberano. A única intelectualização de soberano se restringe às experiências das diversas nações onde eles governam, deixando impresso no consciente exterior da população, o rescaldo de suas maldades, tiranias, benquerenças e malquerenças, e isso transferimos para a Divindade. A melhor definição dessa classificação encontra-se no livro “Conversando com Deus”, onde Ele diz, “As teologias humanas são a tentativa da humanidade de explicar um Deus insano que não existe”. Todos os desvios da intelectualização da Divindade criaram um monte de inverdades, que atribuímos a Deus: Deus dá, Deus tira, Deus castiga, Deus beneficia a alguns e penaliza outros, Deus dá a um um berço de ouro e a outra uma pedra por travesseiro. Como diz em outra passagem do livro acima citado, “Deus apenas observa”. Quem age, pinta e borda, cria cobras e lagartos e interage na matéria densa é o próprio espírito, que, utilizando o poder criador/regedor, que é inerente a todas as criaturas do universo, dado por Deus no momento da criação de cada individualidade, é que executa o poder de Deus, agindo na matéria ou fora dela. Portanto, Jesus está com a razão quando diz: “Vós sois Deuses”.

Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 28 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 16

Mensagem  Faccio Miguel em Qua 1 Maio 2019 - 9:29

02/05/2017
Nas passagens do espírito pelo corpo físico, enquanto não depurado ou tenha resquício de vidas passadas a serem resgatados, o corpo que vai usar não lhe dará condições de serem percebidas e muito menos passar para o consciente exterior do corpo físico, aquelas informações ou sensações de sua presença a comandá-lo. Enquanto não estiver totalmente limpo de todas as impurezas adquiridas em vidas passadas, o Véu de Maya sempre impossibilita ao consciente exterior identificar o ser que o habita e que comanda todas as funções do seu corpo. Quando nada mais impede, então, o espírito pode levar ao consciente exterior o conhecimento inclusive de vidas passadas do espírito em outros corpos. Isso abre ao consciente exterior a percepção e a intelectualização das pedras e espinhos que tenha o espírito encontrado em suas caminhadas pretéritas. É dessa forma que mais facilmente pode o atual corpo físico tornar-se além do veículo do espírito para agir e interagir na matéria densa, seu principal auxiliar na busca da mestria. Quando os dois se unem, a caminhada é muito mais rápida e a evolução se processa de forma mais intensa. A maior dificuldade do espírito reencarnado é obediência do consciente exterior do seu corpo físico, que malformado torna-se um corcel difícil de domar e que mais lhe traz empecilhos do que participa da evolução dos dois, pois, quando o espírito ascensiona, o corpo vai junto.


Faccio Miguel

Mensagens : 623
Data de inscrição : 28/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 28 Empty Re: PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 28 de 30 Anterior  1 ... 15 ... 27, 28, 29, 30  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum