PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Página 36 de 38 Anterior  1 ... 19 ... 35, 36, 37, 38  Seguinte

Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 36 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Sex 3 Jan 2020 - 9:12

24/10/2017
Muitos ainda agem como fariseus, querem demonstrar a santidade, mas a santidade é algo que ninguém pode aquilatar. Ela não é demonstrada em praças públicas. A santidade é formada de pequenos atos, muitas vezes imperceptíveis aos olhos humanos, mas com efeitos extraordinários no espírito. Há muitos exemplos de pessoas que viviam, dá para dizer, em humildade extrema, mas que no mundo espiritual, tornaram-se grandes. Não precisa exemplo maior que São Francisco de Assis. Sua humildade era tanta que quase nem era percebido aos olhos humanos. No entanto, no mundo dos espíritos, tornou-se o responsável pelo segundo Raio. No mundo espiritual, é conhecido como Kuthumi. Hoje, ele e mais outros mestres estão exercendo a atividade de instrutores do mundo, inclusive Jesus. O que mais determina a santidade é o inverso do que Jesus dizia, “pecados por pensamentos, palavras e obras” Os pensamentos, as palavras e as obras são os responsáveis pela nossa evolução, pois eles são os criadores de nossa realidade. Não podemos esquecer que o poder criador está no pensamento. A palavra é a exteriorização do pensamento, e as obras são o resultado das criações do pensamento. Estes criam não só as condições, mas também o corpo de nossa própria reencarnação, bem como o mundo onde viveremos e que nos diz respeito.

Faccio Miguel

Mensagens : 837
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 36 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Sab 4 Jan 2020 - 9:05

25/10/2017
A evolução tem propriamente três etapas que podemos considerar importantes. A primeira é sermos um rádio receptor, abrindo o consciente exterior para receber as informações do Plano Maior ou do próprio DNA, e depois torna-se um rádio transmissor. Normalmente isso é feito, mesmo inconscientemente, mas quando isso se torna consciente, os resultados se tornam muito mais efetivos. Esta dinâmica deveria ser natural, mas nos apegamos demasiadamente a preconceitos e conceitos estabelecidos no passado, às vezes até longínquo, que cortamos essa sequência que deveria ser natural, mas que, interrompida por um consciente exterior malformado, estacionamos nas informações, muitas vezes truncadas que nos são passadas de cima do púlpito, e, até não condizem com a verdade atual. Assim como evoluem as coisas materiais, evolui também o pensamento; porque o pensamento, além de ser o poder criador, é o poder que tem a capacidade de absorver os conhecimentos, analisá-los e aplicá-los para a vida, quer seja individual ou coletiva. Se travarmos a nossa capacidade de absorver os conhecimentos e for bloqueada, bloqueia-se com isso até o desenvolvimento material e, sem sombras de dúvidas, o conhecimento espiritual também. Podemos muito bem nos considerar como uma torre com antena de rádio. Se a mensagem chegar até nós e nós não a retransmitirmos, ela morre conosco.

Faccio Miguel

Mensagens : 837
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 36 Empty Re: PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Faccio Miguel em Seg 6 Jan 2020 - 9:21

26/10/2017
O Progresso em qualquer atividade, tanto na ciência dos homens como na ciência do espírito, não está propriamente no conhecimento, mas na vivência e na aplicação desse conhecimento. O conhecimento sem a vivência se torna estéril. O conhecimento estéril é apenas um peso a ser carregado nas costas. O conhecimento estabelece, impulsiona, gabarita e é o sustentáculo do progresso, mas quando for vivenciado, aplicado em todos os ramos da atividade humana. Quando, especialmente o conhecimento do espírito é vivenciado, ele se extravasa na matéria, porque a matéria não pode evoluir se não houver dentro dos homens que movimentam a matéria um espírito evoluído. Tudo está baseado na evolução do espírito, porque, queiram ou não, é dele que surgem das intuições, os pensamentos, as palavras expressas pelo ser humano. Quem busca no astral os pensamentos criados, para complementar uma ideia ou invenção é o espírito. O corpo nada mais é do que uma máquina que é dirigida pelo espírito, que é o responsável, mesmo indiretamente, por aquilo que o corpo fizer. Em vista do exposto, há a necessidade de se fixar também em novos conhecimentos que eles sempre vêm para trazer novos elementos para a vivência do ser humano, porque a evolução, tanto do espírito como da matéria, não pode parar.

Faccio Miguel

Mensagens : 837
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 36 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (PUBLIT.COM.BR) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Ter 7 Jan 2020 - 8:52

27/10/2017
A inconsciência da grande realidade de Deus impede que tenhamos uma verdadeira noção de sua grandeza. Geralmente, materializamos a Divindade equiparando-a a um soberano terráqueo. O pomos sentado em um trono, esquecendo assim a sua grandiosidade. Poucos são os que têm consciência de que é o Deus Uno Pai/Mãe. Dizia o representante do Projeto Expansão de Luz que nunca havia estado frente a frente com Deus, sabem de sua existência e da influência em tudo e todos, tanto é que chamam a Deus de a Grande Energia. Essa é a realidade que ainda não conseguiu penetrar as mentes dos seres humanos. Tanto é que vivem pedindo um milagre aqui outro acolá. Em realidade, “Deus apenas observa”, como Ele diz no livro “Conversando com Deus”. O ser humano precisa convencer-se de que tudo o que interfere em sua vida, é criado pelo próprio pensamento. Não há interferências externas, porque seria a intromissão no Livre Arbítrio do ser humano, que nem Deus Uno Pai/Mãe o fará. A menos aquele Deus, aquela partícula Divina que mora em seu coração. Qualquer interseção exterior é interferência no Livre Arbítrio. O máximo que os espíritos superiores fazem é intuir o ser humano, mas a opção é do próprio ser. A grandeza de Deus pode ser medida pelo tamanho do átomo, pelo tamanho do planeta, pelo tamanho do sistema solar, pelo tamanho da galáxia e pelo tamanho das galáxias de galáxias. Esta é a grandeza de Deus.

Faccio Miguel

Mensagens : 837
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 36 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (PUBLIT.COM.BR) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Qua 8 Jan 2020 - 8:35

28/10/2017
As necessidades do corpo (matéria) e do espírito são muito diversas. O espírito necessita em síntese, o silêncio da mente para que ele possa elevar-se aos planos espirituais, onde irá buscar as energias para satisfazer sua necessidade de evolução. É nesses momentos de interiorização do consciente exterior do corpo que é a melhor oportunidade para o espírito adquirir forças para exercer o seu projeto de reencarnação. Não é necessário que este tempo se prolongue, mas o mais importante é que ele seja constante. Isso estabelece, também, uma relação maior com o consciente exterior, para tornar-se seu melhor amigo. O consciente exterior geralmente é muito rebelde e oferece dificuldades ao espírito em dedicar-se à sua evolução. As necessidades do corpo, em sua maioria, são apenas para satisfazer o consciente exterior malformado, que busca somente a satisfação da carne. Quando há maior entrosamento entre o corpo e o espírito, então as necessidades começam a desaparecer pois são necessidades impostas por orgulho, avareza e todas as paixões da carne. Ao passo que na união dos dois há, além da evolução, a satisfação das necessidades reais do corpo, assim como disse Jesus, “Busca em primeiro lugar o Reino de Deus e sua justiça, que tudo o mais vos será dado de acréscimo”. Para isso, precisa haver uma vivência harmônica entre o corpo e o espírito, um sendo o colaborador do outro. Assim se faz a evolução.

Faccio Miguel

Mensagens : 837
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 36 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (PUBLIT.COM.BR) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Qui 9 Jan 2020 - 8:19

29/10/2017
O único compromisso do espírito ao reencarnar é com a sua evolução espiritual, mas sua vivência, tanto na matéria como fora dela, é com o gregário. Portanto esse compromisso é individual e coletivo. Individual porque ele só pode evoluir através do seu próprio esforço e mérito. Nessa parte, ninguém interfere na sua individualidade. Pode receber ajuda externa, mas, se não for sua opção aceitar, de nada adiantará, porque ninguém evolui pelos outros como também ninguém paga ou quita os carmas alheios. Da mesma forma, no tocante ao gregário, ninguém poderá fazer nada por ele se ele assim não quiser. É necessária, tanto no mundo espiritual como no mundo físico, a concordância do próprio ser. Não só nas coisas do espírito, mas também nas coisas da matéria, o que vale e é uma lei impressa em nosso DNA, o “Somos Todos Um”. Isso não depende de raça, credo ou qualquer outra condição em que vive o indivíduo, pois todos saímos de uma partícula da própria Divindade e termos todos em nosso espírito o seu DNA. Essa inconsciência da grande realidade de nossa existência, como seres eternos, nos leva a burlar toda a nossa realidade e a de todos. Cada ser é uma célula do grande corpo o que é o universo e, sintetizando, o universo é Deus Uno Pai/Mãe, donde surgiu tudo o que existe, que vemos e que não vemos, mas isso não nos dá a liberdade de negar a grande realidade “Somos Todos Um”.

Faccio Miguel

Mensagens : 837
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 36 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Sex 10 Jan 2020 - 9:18

30/10/2017
Os segredos do universo podemos comparar aos segredos de uma montanha. Os segredos do universo somente o são àqueles que não alcançaram o entendimento de suas realidades por menores que sejam, e estão vinculados às mentes que não se abriram ainda para a sua simplicidade, como de sua complexidade. Para quem consegue intelectualizar, desprovido de teorias mirabolantes dos cientistas, pois estão vinculados apenas à terceira dimensão, e conseguem elevar-se acima do terra-a-terra, facilita muito sua penetração no funcionamento do universo. O universo está disponível a todos, mas sua intelectualização, que não está vinculada à terceira dimensão, se fará aos poucos, precisa da compreensão das partes por menores que sejam, pois elas pertencem e participam de toda a engrenagem do universo. Assim, como se quisermos conhecer os segredos de uma montanha, precisamos pesquisar tudo o que acontece a cada passo dado, pesquisar desde os menores dos animais à sua flora. Assim, quando chegarmos ao topo, teremos o pleno conhecimento da montanha. Os segredos do universo não estão guardados a sete chaves, eles estão disponíveis a quem evoluir espiritualmente e a cada passo dado nesta evolução será a compreensão de mais uma engrenagem do universo. Como diz Jesus, “O céu se conquista pela violência”. Não a violência física, mas a garra em buscar respostas.

Faccio Miguel

Mensagens : 837
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 36 Empty Re: PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Faccio Miguel em Seg 3 Fev 2020 - 9:41

Amigos forumeiros, estive ausente quase todo o mês de janeiro, meu notebook me mandou tirar umas férias. brigou comigo e parou de funcionar. Resultado, tive que comprar outro, aliás, minto, quem comprou foi meu filho, mas eu é que vou pagar. Espero de ora em diante andar à pleno vapor.


31/10/2017
Universo contém tudo o que existe. Ele é o reservatório de Deus. Nele podemos encontrar todos os nossos desejos. Ele sempre está disponível ao poder criador de nossos pensamentos. Precisamos estar bem cientes disso. Quando fomos individualizados de uma partícula Divina, recebemos os poderes criador e redentor da própria Divindade. O poder criador se expressa pelo pensamento, e tudo o que foi criado teve o seu início no pensamento. Esse poder criador nos obriga a reger, cuidar, zelar e manter essas nossas criações que saíram de nosso pensamento. As criações boas nos elevam espiritualmente, mas as criações menos boas teremos que exorcizar pela dor ou pelo amor. Ninguém escapa disso. Isso é Lei do universo. O universo, como diz no livro “Conversando com Deus”, tira uma xerox de nossos pensamentos e nos devolve, pois cada um é responsável pelos próprios pensamentos. O que precisamos é encontrar a estrada, o caminho que leva o universo a nos dar aquilo que queremos. Há toda uma sistemática a ser seguida para que o universo crie os nossos desejos. Tudo está restrito a isso, pois o acaso, o milagre e a circunstância não existem, pois tudo depende de nossa capacidade de comandar o universo para que ele nos forneça aquilo que queremos.

Faccio Miguel

Mensagens : 837
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 36 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (PUBLIT.COM.BR) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Ter 4 Fev 2020 - 9:24

01/11/2017
A vida é a expressão máxima da Divindade. O nosso entendimento de vida é extremamente restrito, tão restrito que só atribuímos vida àquilo que se movimenta sobre o planeta. Resumindo esse entendimento está vinculado somente à flora e à fauna. A ciência dos homens baseou-se demasiadamente sobre matéria para fixar o seu entendimento. Precisamos abrir o leque de nossas percepções ao que está escondido atrás da matéria, algumas podemos ver através de nossos potentes microscópios, mas, a maioria se esconde fora do alcance das máquinas, porque está em uma dimensão só acessível pela lógica, pelo raciocínio e pelo pensamento. Esta forma em que se apresenta a vida é a que dá sentido à vida na matéria. Sem ela, os átomos que formam os mais diversos corpos, quer sejam da flora e da fauna, jamais teriam condições de se aglutinarem para formar esses dois reinos da natureza. A vida é tão patente na flora que possibilita a produção de sementes e a estas produzirem a planta que lhe deram origem. A vida no reino animal, como é um pouco mais evoluída que os vegetais, não produz sementes. Isso não quer dizer que a vida se extinga, ela vai para um plano que fica atrás da matéria e lá prepara-se para um novo nascimento em um corpo físico. A vida é a beleza da vida. A vida é Deus e Deus é a vida. A natureza é a continuação da vida de Deus.

Faccio Miguel

Mensagens : 837
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 36 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (PUBLIT.COM.BR) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Qua 5 Fev 2020 - 8:44

02/11/2017
Os momentos difíceis são aqueles que apenas a matéria responde aos nossos desejos, que se expressam somente na busca dos bens materiais e estes não podem responder a um desejo ou necessidade do espírito. Somos demasiadamente bitolados, somente conseguimos satisfazer os desejos da matéria e esquecemos a nossa dualidade matéria/espírito. Aliás, até podemos dizer que somos imensamente mais espíritos do que matéria, pois esta nos acompanha por curtíssimo espaço de tempo se comparado com a eternidade. No entanto, a grande maioria dos seres humanos esquece o espírito que em realidade é quem o sustenta, que lhe dá a vida, porque, no momento em que o espírito abandonar o corpo, este se desfaz em suas unidades atômicas, como diz Jesus, “volta ao pó da terra”. Enquanto o nosso pensamento, gerador de tudo o que nos diz respeito, não se voltar para quem dá a existência ao corpo, sempre haverá momentos difíceis, porque a matéria não poderá satisfazer as necessidades do espírito, a menos que se debruce sobre ele para auxiliá-lo a encontrar respostas para sua busca da evolução que em primeiro lugar, se inicia, está sediada no espírito. A evolução só da matéria sempre levará desgraças à humanidade. Tenha-se como exemplo a situação atual da humanidade. A única solução dos momentos difíceis é elevá-los ao nível do espírito.

Faccio Miguel

Mensagens : 837
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 36 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (PUBLIT.COM.BR) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Qui 6 Fev 2020 - 9:40

03/11/2017
O silêncio da mente é o alimento do espírito, da mesma forma que a agilidade mental facilita a absorção e o entendimento do conhecimento, isso tanto para o conhecimento das coisas materiais como das coisas espirituais. Para que o conhecimento cumpra o objetivo de sua liberação para a humanidade, é necessária a aquiescência do consciente exterior do ser humano. O consciente exterior é formado por tudo aquilo que lhe passou pelos cinco sentidos, digamos assim: é o reservatório em que são guardadas todas as experiências do corpo humano, desde, mesmo, o momento da fecundação, porque tudo fica gravado nele, embora muita coisa a memória não consiga lembrar. Esse aglomerado de informações e conhecimentos fica gravado igualmente no corpo mais inferior do espírito, que é o Corpo Astral. O Corpo Astral é, digamos assim, o protótipo do novo corpo que o espírito terá. Daí a importância de o atual corpo ser um instrumento dócil aos comandos do espírito, para que ele possa preparar para a sua próxima encarnação um bom instrumento para agir e interagir na matéria densa. Porque, quando o espírito estiver pronto, evolvido, seu corpo o acompanhará para a eternidade, assim como aconteceu com Jesus, do qual toda a humanidade tem conhecimento. Para que o corpo e seu consciente exterior seja um bom instrumento para o espírito, é necessário que lhe possibilitem momentos conscientes de seu silêncio, para que o espírito possa evoluir.


Faccio Miguel

Mensagens : 837
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 36 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (PUBLIT.COM.BR) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Sex 7 Fev 2020 - 8:26

04/11/2017
Todos os seres em todos os reinos possuem objetivos já determinados em seu DNA para executarem a sua programação estabelecida. A nossa visão, especialmente a da ciência dos homens, dirigida por homens demasiadamente materialistas, que não conseguem perceber essa grande realidade. Mesmo os dirigentes de igrejas, dizendo-se buscadores da espiritualidade, baseiam suas vidas e seus atos nas coisas materiais. O Cristo simplificaria isso dizendo apenas “São cegos dirigindo outros cegos”. Embora o ser humano esteja mergulhado na matéria, precisa elevar-se um pouco acima, para encontrar o espírito. Todas as coisas estão concatenadas de certa forma que um precisa do outro. Assim, o átomo que forma todas as coisas visíveis e até mesmo invisíveis tem o tamanho de um milionésimo de milímetro, participa efetivamente na formação do universo. Os elementais, que são encarregados de manter, corrigir e zelar pelo mundo vegetal. Os vegetais, precisam renascer a cada ano para poderem alimentar os animais. Os animais, já com uma vida bem superior, precisam e evoluem também. O ser humano, já com um princípio inteligente, com pensamento, lógica e razão próprios, precisa elevar-se acima de todos para evoluir. Os seres imateriais ou espirituais também possuem sua classificação própria de acordo com o seu desenvolvimento, formando egrégoras compatíveis e assim formam inteligências, consciências e evoluções proporcionais ao seu adiantamento espiritual.

Faccio Miguel

Mensagens : 837
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 36 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (PUBLIT.COM.BR) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Sab 8 Fev 2020 - 9:19

05/11/2017
Temos muita dificuldade e empecilhos para avaliar o que vai no mundo espiritual. Poucas notícias que recebemos dos que estão lá e nos trazem alguns relatos das realidades do que vai além da matéria. Estamos bloqueados pela própria matéria e também pelo Véu de Maya que não nos possibilitam entender o que vai pelo mundo espiritual. Cada um forma as suas teorias para apenas justificar os seus ensinamentos. Suas bases não vão além do conhecimento material e poucas informações dos que lá vivem. Normalmente assim agem para ludibriar outros ignorantes que, como eles, juram “de pés juntos” que aquilo é a maior verdade. Como a grande maioria dos seres humanos têm preguiça mental, em vez de passarem pelo crivo da lógica e da razão tais ensinamentos, é muito mais fácil aceitar. A estes, Jesus diz: “São cegos dirigindo outros cegos, ambos cairão no fosso”. Assim como as coisas materiais, as coisas espirituais também precisam de lógica e razão para poderem render frutos, tanto para si como para a humanidade. Mesmo os conceitos das filosofias religiosas tradicionais foram elaborados para os intelectos daquela época, e, de lá para cá, houve muita evolução, especialmente das filosofias, mas as que se referem às coisas do espírito continuam como antigamente. “Se a gente não tem vontade de inovar, nunca vai sair do passado”, Sandra Passarinho.

Faccio Miguel

Mensagens : 837
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 36 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (PUBLIT.COM.BR) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Dom 9 Fev 2020 - 10:06

06/11/2017
O ser humano precisa desvencilhar-se das amarras estabelecidas pelas filosofias do passado. A bitola imposta por elas impede que o ser humano exerça o mais belo de seus poderes, o poder de, em cima de sua lógica e da razão, buscar o entendimento mais profundo dos conhecimentos revelados e que estão aí, sendo manipulados, formando assim um bando de seguidores, que apenas seguem, mas não têm a capacidade de contestar. É preciso que o ser humano utilize sua capacidade mental para avalizar aquilo que lhe é apresentado, para que pondo sob o crivo da razão, possa ser aprovado ou não. Hoje, temos muito mais seguidores do que analisadores do que vai pelas filosofias. São os encabrestados que são puxados para os onde bem deseja, não lhe dando a oportunidade de perquirir a verdade, não no intuito de menosprezá-la, mas sim de entende-la. Já neste Século XXI não se admite mais que o que é apresentado seja simplesmente aceito porque o fulano disse. O ser humano precisa acordar para suas capacidades críticas, não no sentido de negar, mas no sentido de buscar o pleno entendimento das verdades que estão a um palmo do seu nariz, mas que não conseguem penetrar em seu consciente exterior, bitolado por inverdades veladas.


Faccio Miguel

Mensagens : 837
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 36 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (PUBLIT.COM.BR) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Seg 10 Fev 2020 - 9:52

07/11/2017
Os motivos que levam o ser humano a agir contrariamente às Leis estabelecidas por Deus, e que Jesus sintetiza apenas por “ama a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo”, estão baseados na formação torta do seu consciente exterior, que é pior que uma mula de carroça. De um modo especial as divergências religiosas, que estabelecem no ser humano condições quase de insanidade. Propriamente, desde todos os tempos, civilizações guerreavam para defender um Deus tão insano como eles, que, por sua própria conta, não podia defender-se. Em síntese, guerreavam por guerrear, não importava o motivo. As questões materiais não ficam para trás nesta lista dos motivos que levam o ser, que se diz civilizado, a demonstrar a sua selvageria. O que ainda causa motivos para contendas pode ser o orgulho, o amor próprio ferido e a cobiça. A demonstração da supremacia de um povo contra o outro, como que a dizer “vem que eu te arrebento”. Palavras ditas por uma mente insana, que causa no outro a sensação de ofensa, já são motivo suficiente para causar uma guerra, que poderá ser a última e, como consequência, a possibilidade de destruição da vida como a conhecemos e como a ciência dos homens a classifica. Este, talvez, seja o pior dos motivos para o ser humano demonstrar sua insanidade, por isso a necessidade de que haja a consciência de “Somos Todos Um”.


Faccio Miguel

Mensagens : 837
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 36 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (PUBLIT.COM.BR) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Ter 11 Fev 2020 - 8:46

08/11/2017
Há a necessidade de redimensionar os objetivos do ser humano, que somente busca, quer e se satisfaz com as coisas materiais, e fixou em seu consciente exterior esse objetivo como de primaz importância, como o único objetivo que o direcionará para a eternidade. Esse desvio de rota evolutiva a que o ser humano se direcionou serve somente para travar o seu desenvolvimento espiritual. O desenvolvimento material é importante também, mas não pode se sobrepor ao desenvolvimento do espírito, porque ambos estão ligados e não podem ser separados. A ruptura deste anel que liga os dois mundos é a causa da maioria dos males que enfrentam as diversas sociedades nesse planeta. Solapa inclusive as bases morais de uma sociedade levando ao “quem pode mais chora menos”. Não há harmonia entre seus elementos, e a consequência disso é a destruição de uma nação. Por isso, o ser humano precisa redirecionar seus objetivos para o que dizia o Buda Gautama: “É preciso andar no caminho do meio”, isto é, acender uma vela para a matéria e uma para o espírito. A única forma de ver harmonia em uma nação é conjugar equitativamente a matéria e o espírito, por um simples motivo: o sustentáculo da evolução da matéria está na evolução do espírito.

Faccio Miguel

Mensagens : 837
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 36 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (PUBLIT.COM.BR) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Qua 12 Fev 2020 - 14:57

09/11/2017
O céu e o inferno não são um local criado por Deus para colocar os bons e os maus nas situações que merecem. Céu e inferno são apenas situações hipotéticas utilizadas para que a humanidade daquela época pudesse intelectualizar um local ditoso e o outro amaldiçoado. Assim, muitas coisas ensinadas nos Livros Sagrados são verdades transmitidas em forma de “contos de fadas”, fábulas ou parábolas. A verdade nua e crua não podia ter sido dita à época, porque não seria entendida. Situação semelhante ao que é dito a uma criança quando ela pergunta para a mãe: de onde eu vim? Em sua maioria, as respostas são as mesmas: foi a cegonha que te trouxe. A capacidade mental e racional da criança não tem estrutura nem capacidade de entendimento de tal situação. Hoje, já há a capacidade racional de entendimento da realidade do que é céu ou inferno. São simplesmente um estado de espírito, e este estado de espírito é criado pelo próprio ser humano quando age em desacordo com as Leis estabelecidas por Deus para reger o universo e as individualidades. Estas Leis foram simplificadas por Jesus quando disse “ama a Deus de todo o teu coração e ao próximo como a ti mesmo, ali está toda a Lei e os profetas”. O problema está em que nos fixamos demasiadamente na letra da escritura e não nos atemos ao espírito da letra, como diz Jesus: “A letra mata, o espírito da letra é que vivifica”.

Faccio Miguel

Mensagens : 837
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 36 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (PUBLIT.COM.BR) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Qui 13 Fev 2020 - 8:22

10/11/2017
O remédio para todos os males está dentro de nós. Dentro de nós está também a solução para todos os problemas. Isso depende muito do consciente exterior em possibilitar ao espírito o seu uso. A malformação do consciente exterior sempre nos leva para o mau caminho, porque impede que o ser humano exerça bem o seu principal poder, que é o poder criador, porque, em realidade, o poder regedor é consequência do poder criador. Quando o consciente exterior permite, podemos solucionar todos os empecilhos que dificultam a nossa caminhada evolutiva, porque, quando o espírito é que age através de seu poder criador, todo o mal se extingue, pois, o único desejo e o principal objetivo de sua descida à matéria é a evolução espiritual. O espírito não reencarna para ser um contraventor da natureza e suas Leis. Ele já desce à Terra com um objetivo bem definido em seu projeto elaborado pelo Conselho Cármico e avalizado por ele. Os desvios são sempre consequência da má formação do consciente exterior, que busca mais a satisfação da carne à evolução do espírito. Por isso a importância de que sejam dados princípios e limites à criança, desde a mais tenra idade, para formá-la em um bom instrumento para o espírito.

Faccio Miguel

Mensagens : 837
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 36 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (PUBLIT.COM.BR) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Sex 14 Fev 2020 - 8:35

11/11/2017
A continuação da vida é que sustenta a evolução espiritual. Não importa em qual das dimensões se encontre. Não importa também a forma física que apresenta durante a vida em um corpo físico. Mas, uma coisa precisa ser muito bem atendida: quem cria o protótipo do novo corpo é o consciente exterior da atual encarnação, e no mundo espiritual continua-se a ser o mesmo quando dentro do corpo, quando este ainda estava vivo. Não existem saltos na sequência evolutiva da vida. Ninguém fica santo ou demônio só porque deixou o corpo físico. Na vida após a vida, continua-se a ser aquilo que se era enquanto no corpo. A parte exterior do corpo físico, geralmente, não apresenta o que vai pelo interior. Mesmo assim, sempre haverá momentos em que o brilho da alma se sobressai à opacidade do corpo, porque este é apenas um instrumento para que o espírito possa interagir na matéria densa. Os próprios mestres, quando precisam reencarnar, não apresentam em seu corpo físico a evolução do espírito, porque os tornariam demasiadamente visíveis aos outros seres humanos, dificultando, assim, a sua missão de empurrar a humanidade a uma evolução mais rápida. Em síntese, a vida é uma sequência de pequenas evoluções que levam o espírito a executar um de seus objetivos de existência: experienciar os conhecimentos Divinos até tornar-se “Deus”, conforme afirma Jesus.

Faccio Miguel

Mensagens : 837
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 36 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (PUBLIT.COM.BR) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Sab 15 Fev 2020 - 8:52

12/11/2017
As coisas do mundo têm a facilidade de enredar nosso consciente exterior para manter nossa atenção exclusivamente nas coisas materiais. Há muita dificuldade de fixar a atenção nas coisas do espírito. É-nos muito difícil nos convencer que somos uma dualidade. O nosso agregado humano é composto por matéria e espírito. Há quase que a impossibilidade do espírito em dirigir esse instrumento perfeito para que lhe dê um espaço em sua mente, para que possa, assim, buscar um pouco mais de evolução. Boa parte da humanidade mantém seu espírito dormindo, possibilitando-lhe somente controlar as funções orgânicas do corpo. O espírito precisa de momentos dedicados a si pelo consciente exterior do corpo, para que possa emancipar-se para buscar reforço e energias no plano espiritual. Enquanto o consciente exterior não se convencer da necessidade que o espírito tem de desligar-se por momentos das amarras a que é obrigado a estar pela incompreensão do ser humano que só gratifica aquilo que é visível aos seus olhos e satisfazem o seu orgulho; enquanto esta humanidade não dedicar mais tempo de sua vida a alimentar seu espírito, sempre haverá motivos suficientes para a desforra ou até a guerra. Até parece sina dessa humanidade que, por poucos períodos de sua existência, foi liberta dessa praga chamada guerra.

Faccio Miguel

Mensagens : 837
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 36 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (PUBLIT.COM.BR) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Dom 16 Fev 2020 - 9:13

13/11/2017
Os pais ou responsáveis pelos pequenos seres que estão chegando a este mundo ainda não estão cientes da responsabilidade que têm quanto à formação do consciente exterior da criança. É preciso que se diga que o consciente exterior é quem vai dar condições ou não ao espírito, em bem cumprir o planejamento feito para seu reencarne. Este, inclusive, é um assunto totalmente desconhecido no seio da sociedade terráquea. No entanto, é, talvez, a maior responsabilidade dos pais com referência a seus filhos. O consciente exterior é de extrema importância para o espírito que reencarna, pois ele é a ligação do espírito com a matéria. Se ele for relapso, inconsequente e desleixado, o espírito terá que resgatar o descaminho causado pelo consciente exterior. Uma parte disso deve-se ao inconsequente ato dos pais em formar, dar princípios e limites ao pequeno ser. Aqueles que discordam dessa realidade, estão querendo criar déspotas, malcriados e irresponsáveis consigo mesmo e com os outros, tornando-se seres para os quais matar uma barata e um ser humano é a mesma coisa, sendo danosos a si e à sociedade onde vivem. Os pais não podem ser apenas criadores de novos filhos e atirá-los ao mundo, para que o mundo os eduque, e, o mundo só educa para as coisas do mundo, ou, melhor, deseduca.

Faccio Miguel

Mensagens : 837
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 36 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (PUBLIT.COM.BR) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Seg 17 Fev 2020 - 8:28

14/11/2017
O descaminho que vivemos foi criado pelo próprio ser humano. Enquanto vivia da natureza, se alimentando do que podia angariar, na sua necessidade, trocava um produto por outro, nada era mensurado pela moeda, pois ela ainda não existia. Quando criou o dinheiro como moeda de troca, criou também a própria armadilha para depois cair nela, tornando-se, assim, escravo de sua própria criação. Começou a juntar mais e mais, para engordar o seu bolso, e quem não a possuía precisava recorrer a ele. A escravidão de sua própria criação o tornou avaro, mesquinho e orgulhoso, pois isso endeusava o seu ego. A partir daí, tudo girava em torno de seu umbigo. Entre os silvícolas que não vivem em contato direto com os civilizados, onde o direito ainda não entrou, toda a problemática causada pela moeda não existe, pois vivem, ainda, da coleta diária para o alimento e de uma forma coletiva, onde tudo é dividido por todos. Nestes povos, ainda se vive o “Somos Todos Um”, que deveria ser a síntese de nossa existência sobre o planeta, já que, do outro lado da vida, este é o objetivo de todos, pois tem a consciência de que todos são uma partícula da própria Divindade, e assim agem.

Faccio Miguel

Mensagens : 837
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 36 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (PUBLIT.COM.BR) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Ter 18 Fev 2020 - 9:28

15/11/2017
O processo depurativo do espírito é um processo longo, e pode até levar mais de um século para limpar-se de catarses adquiridas em tempos remotos. Temos notícias de espíritos que, no final do século XX e início do Século XXI, estão quitando carmas adquiridos há mais ou menos dois séculos. Temos que ter em mente que nada acontece por acaso. Toda a vida do espírito, tanto encarnado como desencarnado, é controlada pelo Conselho Cármico, que projeta para cada espírito aquilo que ele tem condições e pode resgatar em sua reencarnação. Tem um outro fator que entra na análise, que é tudo aquilo que foi feito em conjunto, em conjunto precisa ser exorcizado. Quando há mortes violentas e coletivas, em sua grande maioria são carmas coletivos que estão sendo quitados. Pode ser que nem todos os participantes de uma morte coletiva sejam participantes do carma coletivo, mas sempre essas mortes, com exceção aos suicídios, são cármicas. Em síntese, somente não e cármica a morte natural, quando o tempo previsto de vida expirou. O Conselho Cármico sempre submete ao espírito reencarnante o projeto estabelecido para ele, que tem a liberdade de modificá-lo, a menos os reencarnes compulsórios, em que é imposta uma nova reencarnação. Podemos ver que o processo depurativo não é apenas um: nascer, viver, renascer sempre, há sempre uma constante participação, especialmente do Conselho Cármico que o espírito possa resgatar as suas dívidas do passado.

Faccio Miguel

Mensagens : 837
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 36 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (PUBLIT.COM.BR) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Qua 19 Fev 2020 - 8:14

16/11/2017
O descanso do guerreiro sempre é necessário após a luta. O espírito, enquanto encarnado, é como um guerreiro em luta constante, apenas tem momentos de folga enquanto seu corpo dorme. A vida na matéria é uma constante luta contra um instrumento rebelde que não obedece aos seus comandos, está constantemente desligado daquilo que deveria fazer para dedicar toda a sua energia às coisas materiais, que, se mal aproveitadas, são a perdição do espírito, porque terá que resgatar os descaminhos do corpo. Volto, novamente, a insistir na necessidade de os pais darem princípios e limites ao pequeno ser, assim, já o preparam para tornar-se um bom instrumento para o espírito, auxiliando-o a resgatar os carmas do passado. Por isso, a importância do espírito ter, em períodos relativamente curtos, o retorno ao mundo espiritual para o seu descanso, ao menos liberto dos lados do corpo físico, porque, nesta evolução em que nós estamos, isso é necessário. Mas se o ser humano fosse mais desenvolvido, seu corpo poderia muito bem viver até mais de um milênio. Nas condições em que esta humanidade se encontra, isso não é possível.

Faccio Miguel

Mensagens : 837
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 36 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (PUBLIT.COM.BR) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Qui 20 Fev 2020 - 8:20

17/11/2017
“A felicidade não é deste mundo”, dizia Jesus. Realmente pelo que se vive aqui neste planeta, não é possível ser feliz, pois há tantos empecilhos que travam essa felicidade. Um tanto está na busca do que os homens consideram felicidade, o desvio que a dita civilização condicionou chamar felicidade exclusivamente as coisas materiais. E a matéria só pode preencher o orgulho e o ego, jamais o coração, por isso ela não está neste mundo. Também devido às palavras do Cristo: “Não passará da Lei nem um til nem um jota sem que tudo seja cumprido”. Todos os nossos descaminhos terão que ser corrigidos, não importa quanto tempo leve, mas as arestas de nosso proceder sempre precisam ser polidas para que o “homem novo” possa surgir. Por ora, o que este planeta pode oferecer para a grande maioria dos humanos é um arremedo de felicidade. A felicidade verdadeira está somente após termos limpado toda a energia negativa resultante de nossas infrações de vidas passadas. Então, na vida após a vida poderemos gozar a verdadeira felicidade.

Faccio Miguel

Mensagens : 837
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 36 Empty Re: PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 36 de 38 Anterior  1 ... 19 ... 35, 36, 37, 38  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum