PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Página 35 de 41 Anterior  1 ... 19 ... 34, 35, 36 ... 41  Seguinte

Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 35 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Dom 8 Dez 2019 - 9:54

29/09/2017
O descanso do espírito é quando ele retorna ao mundo espiritual, após ter passado um longo período, de acordo com a visão humana, mas um curto período, de acordo com o tempo dos espíritos e de Deus. Foi um período de dificuldades quando o consciente exterior não o obedece. Um pouco mais ameno, quando o consciente exterior é obediente e um bom instrumento para auxiliá-lo a vencer essa etapa de seu aprendizado. Mesmo assim, sempre é cansativa a vida na matéria. Passa esse período na escola da vida sem ter pleno domínio de sua identidade. Sempre está escondido atrás de um escafandro de carne que lhe tolhe, quase sempre, o seu voo às alturas. Sofre os descaminhos de seu corpo físico, embora o espírito é que comanda todas as funções do seu corpo físico, e este não o obedece, causando-lhe muitos resgates para suas próximas existências na matéria. Apesar de o consciente exterior do seu instrumento é que estabelece as desarmonias, quem precisará ressarcir é o próprio espírito, porque o corpo físico é apenas um instrumento formado de miríades de átomos, os mais diversos possíveis, que, quando o espírito o abandona, voltam às suas origens, ao informe. Desagregando-se, deixa de existir o corpo e o responsável pelas suas desarmonias é o espírito que terá que as resgatar. Após um período de descanso, retoma novamente a sua tarefa na busca de buscar a mestria.


Faccio Miguel

Mensagens : 893
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 35 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Seg 9 Dez 2019 - 8:24

30/09/2017
O sacrifício que precisamos fazer para enfrentar as vicissitudes da nossa vida é o resultado de deslizes de vidas passadas. Para termos uma pequena ideia, é só examinarmos a nossa atual, que ela é a síntese de nossas existências passadas. O Cristo muitas vezes afirmou, e de diversas formas diferentes, que os nossos atos, palavras e pensamentos geram consequências e estas são criadas no mundo astral, de onde precisam ser ressarcidas quando redundarem em prejuízo para o próximo e contra si mesmo. Nosso grande problema é que não analisamos corretamente as palavras de Jesus. Nunca nos colocamos no outro prato da balança. Nunca analisamos as palavras de Jesus em nós mesmos. Geralmente, imputamos aos outros e nos isentamos da responsabilidade, como se estivéssemos imunes e não precisássemos ressarcir nossos próprios erros. Deveríamos, antes de tudo, aplicar os ensinos de Jesus, especialmente aqueles que se referem às consequências de nossos atos a nós mesmos, a fim de nos conscientizarmos e tentar limpar nosso passado, e, como Ele disse à mulher adúltera, “vai e não peques mais”, limpar também o nosso presente, para que em nossas próximas encarnações nossa vida não seja tão carregada de sacrifícios que a tornem tão pesada.

Faccio Miguel

Mensagens : 893
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 35 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Ter 10 Dez 2019 - 8:49

01/10/2017
No outro lado da vida, não há formas de mascarar a nossa realidade. Somos aquilo que nossa luz emite. Somos aquilo que somos, nada mais que isso. Lá, nada interfere na nossa realidade. Lá não há espelhos para mascarar o rosto, nem forma de acrescentar algo para melhorar nossa aparência. É bem como diz o livro de Saint Germain, “Eu sou aquilo que sou”. A nossa entrada no mundo dos “mortos” corresponde o que somos na nossa saída do mundo dos “vivos”. “Mortos ou vivos”, de acordo com a ciência dos homens que nada mais sabe do que aquilo que pode mensurar. Talvez, precisássemos inverter os conceitos: “mundo dos mortos” somos nós, pois estamos bitolados por um escafandro chamado um corpo físico; ao passo que o mundo após a morte, na realidade, é o “mundo dos vivos” pois lá não há empecilhos para tolher a nossa liberdade, para sermos aquilo que realmente somos, onde o único bitolador é a nossa própria realidade. Este bitolador vai se extinguindo conforme avançamos em nossa evolução espiritual; conforme nos conectamos mais com a Fonte de Todas as Coisas; conforme chegarmos mais perto de nossa mestria. Quanto mais chegamos perto de nossa mestria, mais nos tornamos senhores do universo, pois ele é obediente aos comandos dos que alcançam a evolução espiritual.

Faccio Miguel

Mensagens : 893
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 35 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Qua 11 Dez 2019 - 8:12

02/10/2017
A concepção dos espíritos que estão no mundo espiritual, especialmente aqueles que já estão conscientes de suas realidades, já tem estabelecido em suas mentes o conceito, a realidade, o axioma “Somos Todos Um”. Isso determina a atividade principal dos que habitam o mundo dos espíritos, pois sabem que a melhor forma de evoluir espiritualmente é auxiliando aqueles que estão abaixo na escala evolutiva. Não foi por nada que Jesus insistiu em seus ensinamentos, “perdoar até os inimigos”. Sabia Ele muito bem, que somos todos irmãos por criação e todos somos filhos do mesmo Deus, e todos carregamos dentro de nosso ser uma partícula da Essência Divina. Quanto maior for a união de todos, especialmente para com os mais fracos, maior também será a evolução que isso pode gerar. Apesar de que, sabemos, a evolução é individual e intransferível, ela sempre está ligada ao conjunto. Ninguém evolui sozinho, sempre carrega junto muitos outros, pois o auxílio que se presta aos irmãos menores não é somente através das obras, mas de um modo especial pelo pensamento. O pensamento penetra os mais endurecidos corações e trazem sempre junto a sensação de que a ideia é do próprio, facilitando assim a possibilidade de emenda e o abandono de situações danosas, especialmente ao espírito encarnado que é um prisioneiro de um escafandro que o impossibilita de alçar voo ao infinito.

Faccio Miguel

Mensagens : 893
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 35 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Qui 12 Dez 2019 - 8:59

03/10/2017
Os problemas que temos que enfrentar em nossa vida, tanto na matéria como fora dela, são consequências de nossas faltas cometidas pelo desconhecimento de nosso consciente exterior, quando encarnados. Agimos como insanos e depois só nos cabe ressarcir a nossa insanidade. Aquilo que Jesus diz: “pecados por pensamentos, palavras e obras”. Precisamos estar conscientes disso, porque ninguém passará impune sobre suas transgressões à Grande Lei. Jesus afirma: “não passará nem um til nem um jota da Lei sem que tudo seja cumprido”. Todos os nossos pensamentos, palavras e obras formam criações no mundo astral e, uma hora dessas, essas criações retornam a nós para que as quitemos, através da dor ou para o nosso engrandecimento em nossa evolução espiritual. Nada passará, tudo retornará aos seus criadores, pois, pela Lei do Livre Arbítrio e a Lei do Retorno, cada um é responsável pelas suas criações, o que chamamos aqui na matéria de “Direito Autoral”, que inclusive tem registro em órgão próprio, para lhe garantir o direito pela autoria. Com relação ao espírito, embora não tendo registrado em cartório, o tem em seu Corpo Astral, onde ficam fixados, como em um filme, todos os nossos atos para depois ressarcir os que são contra o próximo ou contra si mesmo.

Faccio Miguel

Mensagens : 893
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 35 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Sex 13 Dez 2019 - 8:35

04/10/2017
A vida que levamos aqui é uma pálida ideia do que é a vida espiritual. Em primeiro lugar, somos bitolados por um consciente exterior malformado que obstrui os objetivos do espírito em sua evolução espiritual. Ao passo que do outro lado da porta que separa a matéria do espírito, o espírito, a partir do momento em que se reconhece como tal, também se liberta dos resquícios de presilhas impostas pela matéria. Então, ele será exatamente quem é, porque, aqui na matéria, ele era aquilo que parecia ser, de onde vai grande distância, porque vê, sente e age de acordo com sua evolução, não mais como o consciente exterior permitia, quando no corpo físico. Sua liberdade se torna consciente, age porque assim quer, é claro, sempre com a concordância de seus maiores, porque vê neles a ascendência, não mais a chefia, como quando na matéria. Embora precise de autorização de seus superiores, isso não diminui a sua liberdade e a responsabilidade pelos seus atos. As leis que regem o universo são as mesmas para quem está na matéria ou fora dela. Suas ações serão muito mais meritórias porque estão sempre imbuídas da liberdade e da responsabilidade em praticá-las.

Faccio Miguel

Mensagens : 893
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 35 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Sab 14 Dez 2019 - 9:11

05/10/2017
Por mais que evoluirmos espiritualmente, que sempre é a base da evolução material, teremos à nossa frente muita estrada até alcançar a evolução máxima para o espírito que é a vigésima sexta dimensão, então, estaremos lado a lado com o Deus Uno Pai/Mãe. A cada passo evoluído, não podemos esquecer que estamos apenas na terceira dimensão, é um passo ao encontro da evolução máxima aqui na terceira dimensão, que é a evolução espiritual. A cada passo a mais evoluído, mais clara se torna aos nossos olhos a nossa capacidade evolutiva. Temos vários exemplos aqui na Terra de homens que possuíam a capacidade de criar, instantaneamente, algo inusitado para os reles mortais. Estes homens, pela sua evolução, ordenavam ao universo, e este imediatamente executava o seu pedido. Um deles era Jesus, que todos já cansaram de ouvir os seus feitos, mas que, apenas, o apelidaram de milagreiro, e hoje ainda há adeptos que lhe pedem milagres. Ainda não entenderam que o milagre inicia em seu próprio pensamento, porque cada um foi criado e recebeu o poder de criar, a partir do seu próprio pensamento. Não foi por nada que Jesus insistia nos “pecados por pensamentos, por palavras e por atos”, porque todos se criam no astral e depois retornam aos quem os criaram. Outro foi Sai Baba, que criava instantaneamente objetos que eram do desejo dos que o iam visitar.

Faccio Miguel

Mensagens : 893
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 35 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Dom 15 Dez 2019 - 14:51

06/10/2017
Os mistérios somente existem no consciente exterior do ser humano. Todo o mistério é aquilo que não se conhece, e o nosso consciente exterior só conhece aquilo que lhe passou por cinco sentidos, isso porque a grande maioria não dá atenção às intuições que recebe tanto de seu Eu Superior como dos espíritos mais elevados, que trazem o conhecimento à Terra, através, especialmente, da intuição. O ser inteligente absorve essas intuições e as pesquisas, busca complementar aquilo que apreendeu da intuição e assim formula o novo conhecimento. Haja vista Einstein, que dizia, “que quando precisava descobrir algo ia dormir”. Foi assim que ele conseguiu tantos conhecimentos, que até agora os atuais cientistas mal estão conseguindo comprovar aquilo que ele dizia. Ele se referia, exclusivamente, aos conhecimentos, mistérios da ciência dos homens. Mas, com certeza, isso acontece também com os conhecimentos do espírito. Os mistérios somente existem até que alguém consiga captar a sua essência e intelectualizá-la, para poder esmiuçar aos outros seres humanos em condições de intelectualizar o mistério revelado. Mas, como sempre, o maior empecilho para que isso se espalhe entre os homens é o seu consciente exterior bitolado. Julgando-se senhor da verdade e nada além disso, penetrará em sua mente ignorante, como dizia Shakespeare: “Existem muito mais coisas entre o céu e a Terra do que pensa nossa vã filosofia”.

Faccio Miguel

Mensagens : 893
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 35 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Seg 16 Dez 2019 - 8:20

07/10/2017
A própria alteração que o planeta precisa executar para preparar-se para a grande transformação que necessita fazer para elevar-se à quinta dimensão seria o suficiente para abalar muitas estruturas físico-químicos-espaciais, mas, ainda, é acrescida das desarmonias causadas pelo ser humano, que não é capaz de zelar por quem lhe dá abrigo e o sustenta. As desarmonias que o ser humano causa na natureza multiplicam algumas vezes as modificações que o planeta necessitaria para preparar-se para a grande virada. Isso causa não só no ser humano instabilidade emocional e espacial, mas também na natureza como um todo. Especialmente nos animais migratórios, que perdem o rumo, a estrada, que em todos os tempos suas espécies seguiram para deslocarem-se de um local para outro. O próprio ser humano, se prestar atenção ao que lhe acontece, verá que tem sensações que nunca teve antes, em tempos passados, mas que atualmente tornam-se bastante frequentes. Podem variar, de um para o outro, mas são consequências da transformação do planeta que se prepara para a sua ascensão. Podem ser tonturas, sensação de cabeça oca e aumentada, sensações de estar suspenso no ar, e muitas outras até de difícil dissertação. Isso tudo que está acontecendo precisa ser dividido entre o planeta e o ser humano, que mais destrói do que constrói.

Faccio Miguel

Mensagens : 893
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 35 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Ter 17 Dez 2019 - 7:49

08/10/2017
A segurança do espírito, quando na matéria, está sempre vinculada ao consciente exterior do corpo que usa. Ele perdeu o domínio do seu corpo, pois quando reencarnou, passou a ser seu consciente encoberto pelo Véu de Maya. Com isso, sua ascendência sobre esse corpo é somente no sentido do funcionamento de suas funções orgânicas. Eventualmente, as intuições que envia a esse corpo podem ser obedecidas, e isso depende exclusivamente da formação que esse consciente exterior recebeu de seus pais, desde a mais tenra idade. Quem não se acostumou a obedecer às regras, limites e princípios que deveria ter recebido desde a infância, e que muitas vezes não tenha recebido, dificilmente obedecerá a uma intuição, especialmente quando essa vem para tolher-lhe a libertinagem a que está acostumado. A importância de dar princípios e limites à criança está vinculada a sua passagem pela infância, juventude, idade adulta e velhice, para que não lhe traga empecilhos dos quais venha a se arrepender. Mas a maior importância está em algo que não se vê e não se sente, embora esteja sempre presente em sua vida, que é o espírito, essa essência que lhe dá a existência, zela pelo seu bem-estar e garante a paz quando bem tratada. Retribuição esta, que teve quando recebeu a colaboração do corpo para que pudesse melhorar um pouco a sua evolução espiritual.

Faccio Miguel

Mensagens : 893
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 35 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Qua 18 Dez 2019 - 8:42

09/10/2017
No universo, tudo está ligado. Nada permanece isolado em seu canto. Os nossos pensamentos, as nossas palavras e nossas obras interferem em todo o universo. Não podemos esquecer que o pensamento é a forma de comunicação dos espíritos. Não importa se estão do lado de cá ou do lado de lá da porta que separa os dois mundos. Fazendo uma comparação um tanto chula: o pensamento é como se fosse emitido por um alto falante de grandíssima potência. A nós encarnados, nos é difícil aquilatar essa realidade, pois nosso espírito está imerso em um escafandro que lhe tolhe totalmente a liberdade, e nosso consciente exterior os bitola a aquelas informações de que é possuidor. O grande problema nas comunicações dos espíritos é que a maioria dos humanos são surdos às emissões por pensamentos, a tal ponto de desacreditarem em algo que não esteja no contexto de seu consciente exterior. Isso bitola a capacidade de buscar informações ou, mesmo, aceitá-las, que são necessárias à evolução espiritual de uma humanidade descrente em algo superior que o tamanho do seu umbigo, como se sua capacidade intelectiva fosse o suprassumo dos conhecimentos dos segredos do universo, aguardando somente que se aceitem novas realidades escondidas. Somente as avestruzes é que enfiam a cabeça na areia para nada ver.

Faccio Miguel

Mensagens : 893
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 35 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Qui 19 Dez 2019 - 8:51

10/10/2017
Os princípios que são fixados, geralmente, são a expressão das Leis estabelecidas por Deus para reger tudo no universo. Essas Leis são patentes aos olhos, mas de difícil entrada no consciente exterior do ser humano. Muitas vezes, ainda, há mentes tão depravadas que distorcem os princípios para validar as suas torpezas. As Leis, propriamente, se expressam na reta conduta e podemos simplificar usando uma simples frase: “Não faça aos outros o que não queres que te façam”. Ao menos quem não é portador de nenhuma tara, essa é a melhor forma de obedecer às Leis que regem o universo. Estamos mergulhados no universo e não há como remar contra ele. Precisamos sempre seguir a direção que ele nos leva. O que há em demasia é a incompreensão do universo. Universo é a palavra que sintetiza, engloba, une, congrega tudo, do Deus Uno Pai/Mãe aos Deuses criados e todas as criaturas, pois, do átomo à galáxia, foram criados através da energia Pai/Mãe - criadora/regedora - do Deus Uno. Esta energia ainda continua criando através das criaturas, que utilizam o pensamento, que é onde se concentra o poder criador/regedor, e, assim, os princípios que estabelecem e regem tudo o que há no universo. A todas as infrações, há, os resgates e as ações benéficas há o mérito e a respectiva evolução.


Faccio Miguel

Mensagens : 893
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 35 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Sex 20 Dez 2019 - 8:26

11/10/2017
A humanidade atual está dura como o povo Israelita quando saiu do Egito. Propriamente levaram quarenta anos para conseguir captar a mensagem que Deus havia passado através de Moisés. Foi necessário muito “cadinho” para conseguir que aqueles corações se desligassem dos conceitos adquiridos durante a sua escravidão. De certa forma, até se pode entender, pois suas capacidades intelectuais, suas capacidades racionais eram pouco desenvolvidas. A grosso modo, diria que: para entenderem para que serve uma pedra precisava que ela caísse em suas cabeças. Mas, hoje, passados possivelmente dez ou doze séculos, a cabeça de boa parte da humanidade atual ainda continua como o povo Israelita, que precisou de quarenta anos no deserto para ser parcialmente polido quanto às verdades reveladas. Especialmente as cabeças dos dirigentes de entidades religiosas fecham questão aos conhecimentos do passado, que aja importância jamais negarei, mas que está na hora de acrescentar novos conhecimentos revelados pelo Plano Maior, para auxiliar essa unidade a mais facilmente atravessar a bruma e o caminho difícil que está e ainda irá experimentar até que se complete a grande transformação do planeta e seus habitantes. Muitos novos conhecimentos já foram postos à disposição, mas insistem em continuar com suas velhas crenças que não cresceram de acordo com a evolução do pensamento humano.

Faccio Miguel

Mensagens : 893
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 35 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Sab 21 Dez 2019 - 10:02

12/10/2017
A nossa vida é a síntese da estrada que trilhamos. Não teria sentido se fosse diferente, aí, estaríamos fugindo tanto do conhecimento esotérico como de nós mesmos. O reflexo daquilo que fomos recai agora sobre nós mesmos. Não podemos esquecer que os erros do espírito em vidas passadas, permitidos que foram, ao corpo da época, não isentam o seu atual corpo de resgatar aqueles erros. Nossa sensibilidade não consegue distinguir a correlação existente entre o espírito e o corpo. A grosso modo, podemos dizer, e é a realidade, que o nosso corpo é apenas um instrumento que está servindo ao espírito, da mesma forma que um carro está servindo ao motorista, que é o responsável por tudo o que o carro fizer. Tal qual o carro, o corpo apenas executa aquilo que o espírito permitir, e será responsabilizado por aquilo que o corpo fizer. Parece isso uma utopia, mas é a realidade. Sei que a medicina, as religiões, com pequenas exceções, não ensinam, não entendem e não agem assim. Isso porque, por enquanto, são direcionados, são educados e são dirigidos pela matéria. O espírito, por ora é apenas coisa de carolas, e isso está levando à degradação de uma humanidade que está às portas de uma ascensão evolucional, e muitos, em vista disso, terão que habitar outro planeta, por impossibilidade energética de aqui continuar.

Faccio Miguel

Mensagens : 893
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 35 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Dom 22 Dez 2019 - 10:35

13/10/2017
Ainda não conseguimos intelectualizar o suficientemente as palavras de Jesus “Vós Sois Deuses”. O nosso consciente exterior nos vincula demasiadamente às coisas materiais. Muito pouco recebemos de informações que nos ligam à eternidade do espírito e à nossa essência que sempre foi e sempre será, pois ela é uma partícula da própria Divindade. O pouco que é passado ao consciente exterior das crianças, está eivado de meias verdades e até inverdades veladas que não dão a perfeita visão de sua realidade. Estamos na terceira dimensão evolutiva e muito temos que andar até alcançar a plena evolução espiritual, mas, mesmo assim, precisamos nos esmerar para tentar intelectualizar essa, para nós ainda, intrincada realidade de sermos “Deuses em evolução”. Estamos no meio de duas forças: a matéria tentando nos segurar para servi-la e o nosso DNA, que nos empurra para a evolução espiritual. Os orientais exemplificaram muito bem isso dizendo: “temos dentro de nós dois lobos, vence aquele que alimentamos”. É a realidade de nossa existência. Como partícula Divina que somos, temos todo o conhecimento, mas precisamos experienciar cada parcela desse conhecimento para que nova seja liberada. Para isso, precisamos alimentar o lobo bom, que é ele que abre os circuitos de nosso DNA na medida em que vencemos as barreiras do conhecimento anterior. O conhecimento, assim como a evolução, é como uma montanha: para alcançar o cume, precisamos fazer um passo de cada vez.

Faccio Miguel

Mensagens : 893
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 35 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Seg 23 Dez 2019 - 8:16

14/10/2017
A grande maioria dos humanos ainda não se convenceu da necessidade de aplicar-se no tocante à sua evolução espiritual. Comparativamente, são como os alunos de uma escola que são relapsos com suas atividades escolares. Levam os seus estudos na brincadeira. Os resultados todos conhecemos: são alunos que são reprovados, desistem de estudar e abandonam a escola. Resultado: passam a vida penando as consequências de seus atos quando alunos. Essa comparação pode-se levar às coisas do espírito. Todos sabemos que a Terra é a grande escola onde o espírito é colocado para experienciar e desenvolver suas capacidades. Mas, quando não aproveita a oportunidade, terá que recomeçar e não importa quantas vezes, para alcançar aquele objetivo estabelecido para a sua encarnação. O tempo que leva para isso, depende exclusivamente de si. Se parar pelo caminho, terá que recomeçar, mas, aplicando-se na sua tarefa, acelerará a chegada ao objetivo que lhe fora traçado. Precisamos ter em mente que, de uma ou outra forma, devemos alcançar a evolução espiritual, nem que para isso tenha que ser degredado por várias vezes a planetas inferiores até convencer-se de que tudo depende dele e de mais ninguém. A evolução, embora dentro de uma coletividade, é uma questão pessoal e intransferível. Como diz o ditado popular: “ou vai por bem ou vai por mal, mas vai”.

Faccio Miguel

Mensagens : 893
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 35 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Ter 24 Dez 2019 - 9:01

15/10/2017
Geralmente, quando agimos inconscientemente, acrescentamos pedras e espinhos para nosso caminho. A inconsciência de nossos atos, pensamentos e palavras é que embaraça a nossa vida, de um modo especial a que nos leva à evolução espiritual. Ao passo que, quando agimos conscientemente e no sentido do bem e de nossa evolução, então, nossos atos nos elevam, participam e empurram para a evolução. A consciência de nossos atos nos torna conscientemente Deus em ação, mas a inconsciência nos desvia do caminho e acumula pedras, espinhos cobras e lagartos para nossas vidas futuras em corpos físicos. Porque o que pensamos, falamos e como agimos, no lado de trás da matéria, no assim chamado Mundo Astral, se cria, e de acordo com as Leis do Livre Arbítrio e do Retorno, nos tornamos responsáveis por essas criações, as quais teremos de exorcizar, não importa quanto tempo leve, e isso será efetuado pela dor ou pelo amor. A ignorância não é motivo suficiente para nos isentar da responsabilidade de nossos atos. A ignorância, consequência de nossas escolhas, nos torna duplamente responsáveis, porque não nos empenhamos o suficiente para buscar o conhecimento daquilo que deveríamos fazer e não foi feito.

Faccio Miguel

Mensagens : 893
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 35 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Qua 25 Dez 2019 - 9:14

16/10/2017
Desejos são vontades não satisfeitas. Vontades são buscas que não se realizaram. Buscas são projetos estabelecidos. Projetos são caminhos para alcançar um objetivo. O objetivo já está fixado em nosso próprio DNA. Todas essas extravasações são elãs que impulsionam o nosso espírito para o objetivo de Deus, quando de nossa criação como individualidades conscientes. Há a necessidade de nos conscientizarmos de que não somos um mero excremento da natureza, mas, sim, o resultado de um objetivo Divino. Parte desse objetivo foi expressado a Adão e Eva, quando foram expulsos do Paraíso. Disse Deus: “crescei e multiplicai-vos”. Isso não quer dizer em número de habitantes, temos que fixar exclusivamente no nosso próprio ser. Em outras palavras, evoluir. O outro objetivo de nossa individualização de uma partícula Divina, há pouco tempo foi expresso por Deus no livro “Conversando com Deus”, onde Ele afirma que individualizou parcelas Suas, pôs em corpos de carne para que pudessem experienciar Seu conhecimento e concomitantemente evoluir por seu próprio esforço. Então, tanto a “experienciação do conhecimento” como o “crescei e multiplicai-vos” são objetivos impressos por Deus em nosso DNA, e nos levam a todos aqueles caminhos que empurram o espírito a cumprir esses objetivos. Na maioria das vezes, desconhecemos as vontades, as buscas, os projetos e os caminhos que nos afetam, mas eles são necessários à nossa evolução, à nossa busca da mestria.

Faccio Miguel

Mensagens : 893
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 35 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Qui 26 Dez 2019 - 8:39

17/10/2017
A dúvida é a incompreensão de uma realidade ou o desconhecimento de conhecimentos que já deveriam estar fixados no consciente exterior do ser humano. Isso pode acontecer quando somos relapsos em buscar aquilo que nos está disponível para a nossa evolução, ou, nos pais que não foram capazes de infundir em nossa formação inicial aqueles princípios e limites que deveriam nortear toda a nossa existência na matéria. Todo o início é a parte mais importantes da formação plena do ser humano. Posteriormente, ainda é possível compensar em parte essa deficiência, mas precisa de muito esforço e vontade do próprio ser humano. Nunca podemos dizer “tudo está perdido”, porque não sabemos e nem temos condições de saber o que nos reserva o amanhã. Haja vista, o que aconteceu com Saulo, “o romano”, que, por uma pergunta de Jesus, tornou-se um de seus maiores apóstolos, “Saulo, Saulo, porque me persegues”? Por mais empedernido que seja o ser humano, sempre pode surgir momentos que o levem a questionar a si e as suas atitudes. Sempre podem surgir momentos em que uma luz possa iluminar seu consciente exterior e lhe mostrar a realidade de sua existência, iluminar a estrada que precisa percorrer, e abri-lo para o entendimento das coisas que estão nele, mas escondidas pelo Véu de Maya, a fim de que busque pelo seu próprio esforço desvendar a bruma que encobre a sua realidade.


Faccio Miguel

Mensagens : 893
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 35 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Sex 27 Dez 2019 - 8:22

18/10/2017
Os conhecimentos são uma sucessão progressiva e são liberados para a humanidade conforme esta evolui. Todos os conhecimentos já postos à disposição da humanidade são importantes, são como que as bases sobre as quais é erguido um edifício. Não podem ser descartados. Precisam ser compreendidos e vivenciados para que cumpram o papel para o qual saíram do domínio de secreto. Da mesma forma, não se pode permanecer preso a eles, sem dar chance a que novos conhecimentos venham se somar aos anteriores. Eu até ousaria dizer que “quem descarta conhecimentos já existentes, estará cortando as pernas da escada evolutiva”, porque não entendeu para que servem os conhecimentos novos, como também aqueles do passado. Já ventilei acima que os conhecimentos do passado são como que as bases da construção do edifício de nossa evolução, e cada novo conhecimento será como que um andar a mais, posto em nosso edifício. Precisamos nos conscientizar de que os novos conhecimentos são portas que são abertas, são andares acrescentados, são a visão mais ampla de nossa realidade de "Deuses em Ação”. Isto é o que devemos ser. Isto é o que precisamos fazer. Isto é o que em realidade somos, mas nosso consciente exterior apenas nos assinala que somos um mero excremento da natureza que hoje está aqui e amanhã se tornará repasto para os vermes.


Faccio Miguel

Mensagens : 893
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 35 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Sab 28 Dez 2019 - 9:01

19/10/2017
A consequência de nossos atos, especialmente aqueles que interferem com o próximo, geralmente leva à desarmonia e ao desentendimento. Todos somos suscetíveis demasiadamente e não admitimos que, como diz o gaúcho, “pisem no nosso poncho”. Às mentes demasiadamente sensíveis ou desequilibradas já é motivo de contenda. Como diz o filósofo: “a melhor resposta para a ofensa é o silêncio”. Normalmente, o silêncio é a arma dos fortes, aqueles que conseguem dominar os impulsos que a personalidade exala. Nos acostumaram a querer ter sempre a última palavra, como se fôssemos o suprassumo do conhecimento e do entendimento das relações humanas. Sábio não é somente aquele que conhece, mas especialmente aquele que sabe usar a sua sabedoria, especialmente em não se impor com supremacia sobre os outros, porque ninguém quer ficar por baixo. Sempre, especialmente se for ignorante, quererá ter a última palavra, porque, em seu consciente exterior malformado, assim o determina. A consequência de nossos atos também interfere em nós mesmos, e especialmente em nós, que somos o próximo mais próximo de nós mesmos. Essas consequências geralmente aparecem na próxima encarnação, onde teremos que ressarcir as desarmonias causadas contra o próximo e contra nós mesmos. Como diz o filósofo, “Sábio é aquele que sabe que nada sabe”. No mais, são extravasamentos do orgulho de saber mesmo aquilo que não sabe.

Faccio Miguel

Mensagens : 893
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 35 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Dom 29 Dez 2019 - 9:45

20/10/2017
A essência da vida é o amor. O problema desta humanidade, com raras exceções, é que não entendeu essa grande realidade. Apelidou o prazer sexual de amor, sendo que este é apenas uma atração animal, resultante da necessidade de procriação. O ser humano esqueceu o verdadeiro sentido desta palavra, ateve-se apenas às sensações materiais. Isso é o homem matéria, sendo que seu principal sentido está no homem espírito. De acordo com o ensino do Cristo, o amor transcende a todos os sentimentos humanos, pois dizia, “que deveríamos amar até os inimigos”. Só isso é suficiente para sublimar as atitudes humanas e levá-las ao nível do espírito, porque, neste parâmetro, “Somos Todos Um”. Não há mais quaisquer definições que se impõem, e aqui na matéria qualquer diferença subjuga e forma qualquer espécie de racismo. Isso é sinal de que nos falta muito ainda para o entendimento profundo do que é o amor. Nos ludibriamos, somos mesquinhos e nos julgamos os conhecedores da matéria e da alma humana, mas não somos sequer capazes de estender a mão a quem necessita, que muitas vezes é bem mais do que uma simples moeda. Já sabemos, já ouvimos tantas histórias e até lendas a respeito desta palavra tão pequena, mas de tão grande significado. O dia em que entendermos que somos todos irmãos, saberemos o que é amor e sentiremos na pele, ou no espírito, o “Somos Todos Um”.


Faccio Miguel

Mensagens : 893
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 35 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Ter 31 Dez 2019 - 10:26

21/10/2017
Porque o ser humano não aplica nas coisas espirituais a mesma garra que tem para as coisas materiais? Para as coisas materiais, suas criações são quase “infinitas”, com uma capacidade de buscar soluções que poderíamos chamar de impossíveis. Mas, a busca, o empenho e a constância sempre levam a bons resultados. Indiretamente, utilizam a mesma técnica que utilizava Einstein que, quando precisava descobrir algo, ia dormir. Pode ser que as soluções venham da mesma forma, porque a dedicação em encontrar soluções seja tanta, que seu espírito, no sono do corpo, tenha mais liberdade para ir ao astral para lá complementar a ideia que procurava para aquilo que seu instrumento quer materializar. Sabemos que nossos pensamentos criam forma no mundo astral e ficam lá até serem exorcizados ou materializados. Qualquer mente poderá captar essas criações, complementando suas ideias e chegar a materializar outro invento. Não falo aqui das criações que se transformarão em carma. Todas as criações que se materializam têm sua origem em talvez centenas ou milhares de ideias que foram lançadas no astral e aguardam somente mentes ágeis que as aglutinem e façam surgir no mundo físico. As coisas espirituais poderiam, também, serem buscadas da mesma forma, mas o ser humano descrente ainda de sua realidade se atém somente às coisas agradáveis aos olhos.

Faccio Miguel

Mensagens : 893
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 35 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Qua 1 Jan 2020 - 8:48

22/10/2017
A ciência dos homens, pelo simples fato de não possuir outros parâmetros, dá, como condição exclusiva da existência de vida, a existência do oxigênio que, para os seres que considera vivos, é indispensável. Os cientistas não se deram conta ainda que a primeira condição de como a vida se apresenta está muito mais na densidade atômica do que no combustível que utiliza para sua subsistência, materialmente falando. Em nosso planeta, os animais utilizam oxigênio como combustível, está certo. Não sei se não se deram conta de que os vegetais utilizam também o carbono para a sua manutenção e expelem oxigênio como resíduo. Estranharam a existência de microrganismos nas fumarolas, no fundo do mar, por onde sai quase que exclusivamente enxofre. Então o combustível desses microrganismos não pode ser oxigênio. Se aqui na densidade atômica da Terra pode-se constatar no mínimo três formas de vida que subsistem com três diferentes combustíveis, o que dizer de vidas materiais em planetas com outras densidades atômicas? Nem vamos falar aqui da vida que se apresenta fora da matéria, do outro lado da matéria, onde chamamos de mundo espiritual. Os que negam o mundo espiritual deveriam, também, considerarem-se apenas um excremento da natureza, que a natureza apenas largou no mundo por não ter outro lugar para depositar.

Faccio Miguel

Mensagens : 893
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 35 Empty PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (Publit.com.br) - LIVRO 17

Mensagem  Faccio Miguel em Qui 2 Jan 2020 - 8:50

23/10/2017
Não temos noção do tempo de Deus, porque simplesmente não nos acostumamos a viver o agora. Sempre estamos projetando tudo para o futuro como se a vida somente se expressaria no futuro. Quando crianças, as coisas, os presentes estavam sempre reservados para o dia do aniversário, dia do Natal, dia da Páscoa, sempre no futuro. Nosso consciente exterior se acostumou a lançar tudo para o futuro. Ninguém nos preparou para o agora, porque se o que não acontecer no agora, nunca acontecerá. Este é o tempo da realidade. O agora que já passou não volta mais, apenas serviu para preparar o agora que está chegando, que é em realidade o futuro que se torna presente, e se não for vivenciado condignamente, será um futuro-agora que foi perdido. Quando o ser humano se conscientizar dessa grande realidade, poderá perceber a transformação que ele está fazendo no seu mundo. Essa transformação será sempre para melhor, ao passo que a ignorância dessa realidade estará sempre destruindo, especialmente quem lhe dá o abrigo e o alimento, porque precisa encher os bolsos com ouro e prata. Sempre é o momento de se conscientizar de que o único tempo em que podemos agir e interagir na matéria é no agora, porque nem um outro tempo existe; o passado é apenas a lembrança e a consequência do agora que se foi e o futuro é o tempo dos insensatos. Dizia o Cristo: “Insensato, hoje mesmo a morte poderá vir reclamar o teu corpo”.

Faccio Miguel

Mensagens : 893
Data de inscrição : 28/09/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

 PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12 - Página 35 Empty Re: PENSAMENTOS LANÇADOS AO VENTO II (BOOKESS.COM) - LIVRO 12

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 35 de 41 Anterior  1 ... 19 ... 34, 35, 36 ... 41  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum